logomarcadiariodegoias2017

Marconi Perillo no HDS. (Foto: Wagnas Cabral)
marconi no hds foto wagnas cabral

Ao comentar a inauguração da Residência Assistencial Santa Marta e o lançamento da pedra fundamental dos hospitais estaduais do Homem e do Idoso, o vice-governador Zé Eliton disse que o governador Marconi Perillo tem uma sensibilidade que levou Goiás a se consolidar, no Brasil, não apenas como referência em gestão pública, mas também em Saúde.

“Esta é mais uma das ações empreendidas pelo governador Marconi ao longo desses quatro mandatos no governo. Ações estruturais e conceituais que elevaram a autoestima do goiano. Se hoje celebramos a história, o legado, as construções que o governador Marconi fez, celebramos também o amanhã, o olhar para a frente. É importante sempre reverenciar o passado, pois é partir dele que construímos o futuro”, declarou o vice-governador.

Ele se comprometeu a dar continuidade às obras dos hospitais do Homem e do Idoso.  “É um compromisso do senhor e nosso com a Saúde de Goiás, que atenderá idosos e homens não apenas do Estado, mas de outros que, certamente, virão nos procurar em virtude de tratamentos de qualidade já ofertados por outras unidades hospitalares do Estado. Quero ratificar o compromisso do senhor, vamos construir esses hospitais,” observou.

 Resgate - O secretário de Saúde do Estado de Goiás, Leonardo Vilela, disse que a Colônia Santa Marta era “um verdadeiro depósito compulsório de pacientes com doenças de hanseníase.”

“Quando foi desativada, na década de 1980, ficaram aqui pessoas idosas, sequeladas de hanseníase, muitas com problemas psiquiátricos. Viviam em condições extremamente insalubres. Em janeiro de 2015, o governador determinou e, em pouco tempo, construímos essa belíssima estrutura, que vai resgatar a cidadania, a dignidade, e dar conforto a essas pessoas”, afirmou o secretário.

A previsão é a de que a residência inaugurada se torne, no futuro, uma enfermaria agregada ao Hospital do Homem e do Idoso, que serão inaugurados.

DEPOIMENTO - Luiz Machado da Silva, 73 anos, morador da Residência Assistencial Santa Marta

“Eu gosto muito daqui, onde estou há 23 anos. Já era para ter ido embora, mas optei por ficar. A mudança aqui foi da água para o vinho, uma bênção mesmo. Não tenho palavras para agradecer principalmente ao governador Marconi.”

Sugestões e críticas, mande um Zap para a Redação

whatsapp 512

62 9 9820-8895

Reportagem Especial

TVDG

+ SAIBA MAIS, PESQUISE NO DG

SEARCH