Câmara está temporariamente com 1 vereador a menos (Foto: Samuel Straioto)
camara municipal de goiania

A direção da Câmara Municipal de Goiânia ainda não decidiu se fará a convocação do suplente do vereador Zander Fábio (PEN), afastado por ordem judicial, após ser denunciado pelo Ministério Público na Operação Multigrana, que visou apurar desvios de recursos nas bilheterias do Mutirama e Zoológico. O suplente é Carlos Soares (PT). O presidente da Câmara, Andrey Azeredo, explicou que aguarda análise da Procuradoria Geral da Casa para se manifestar.

O presidente argumentou que não é possível fazer a convocação do suplente de forma automática, pois não estava explícita na decisão judicial. Andrey Azeredo declarou que houve apenas a comunicação para afastar Zander Fábio das funções parlamentares.

“Com relação a decisão judicial já demos cumprimento a ela, quando fomos notificados oficialmente. Eu falei com o vereador por telefone comunicando seu afastamento, foi expedido um documento formal a ele, o certificando de seu afastamento e a decisão se tornou um processo na Câmara que será encaminhado para a Procuradoria Geral para que ela se manifeste, incluindo a possibilidade de convocação do suplente. Ela não é automática, pois não está explicitado na decisão do magistrado. Para não ter dúvidas a procuradoria fará a análise. A Casa cumpre a decisão judicial e cumpre o que está na lei. A decisão fala apenas no afastamento do vereador Zander Fábio, por isso aguardamos a manifestação da Procuradoria”, explicou.

Leia mais

Base de Iris falha em articulação e oposição barra aumento automático do IPTU

Contato com a redação:
(62) 99625-9856

BUSCA