logomarcadiariodegoias2017

Equipe Sub-19 do Vila Nova. (Foto: Comunicação Vila Nova FC)
copinha

Salários atrasados, luz cortada e possibilidade de ficar fora da Copa São Paulo de Futebol Júnior. A realidade atravessada pelas categorias de base do Vila Nova Futebol Clube não é das melhores de acordo com publicação do site Mais Futebol Goiano.

Porém o presidente colorado, Ecival Martins - minimizou a situação, mas confirmou atrasos nos vencimentos de jogadores e técnicos nas categorias Sub-15/Sub-17/Sub-19.

"Temos dificuldades em todas as ordens e estamos trabalhando para manter a casa em dia. Agora chega no final do ano a dificuldade aumenta por que a receita é reduzida. Existe um atraso e reconhecemos isso, só que não é de quatro meses como estão comentando. Estamos trabalhando para resolver tudo", afirmou Ecival em entrevista ao repórter Pedro Henrique Geninho (Rádio 730).

O Vila Nova mantém próximo ao Onésio Brasileiro Alvarenga uma casa em que alguns jogadores da base ficam concentrados. O site Mais Futebol Goiano destaca em sua publicação que a luz e água foram cortadas durante um período de três dias. Outra situação que causou revolta do presidente Ecival Martins foi a possibilidade da equipe não disputar a Copa São Paulo devido a falta de dinheiro para os custos da viagem. "Isso é um absurdo e uma falta de respeito com a instituição. O Vila Nova vai viajar e participar da competição como sempre fez".

O Tigrão na Copa São Paulo de Futebol de Júnior em 2018 vai realizar suas partidas na 1ª Fase na cidade de Itú. Seus adversários serão XV de Piracicaba, Santa Cruz-AL e Ituano.

Sugestões e críticas, mande um Zap para a Redação

whatsapp 512

62 9 9820-8895

+ SAIBA MAIS, PESQUISE NO DG

SEARCH