Hugo Jorge Bravo. (Foto: Diário de Goiás)
hugo bravo vila

No dia 30 de novembro acontece a eleição para presidência do Conselho Deliberativo do Vila Nova Futebol Clube para o biênio 2018/2019. Wilson Balzaqui chega ao fim do seu mandato e optou por não concorrer a reeleição devido a um projeto fora do país.

A primeira chapa registrada para eleição tem a frente Hugo Jorge Bravo, que foi diretor de futebol colorado em duas oportunidades e também gestor das categorias de base do Tigrão.

Também fazem parte da chapa: Vinícius Clementino Cirqueira que é candidato a vice-presidência, Alan Sebastião de Jesus (suplente) e Marco Aurélio Tavares Caetano (secretário).

Existe a possibilidade que Sizenando Ferro também fosse candidato a presidência do Conselho, porém Wilson Balzaqui em contato com a reportagem do Diário de Goiás não acredita nesta possibilidade e que o mais provável seja uma aclamação de Hugo Jorge Bravo.

O candidato revelou que apesar de postular o comando do Conselho Deliberativo, ainda alimenta o sonho um dia de ser tornar presidente executivo do Vila Nova: "É algo que eu sempre tive vontate, mas não seria conveniente nos candidatar ao executivo no momento".

Ele evitou comentar a vida administrativa do clube pelo fato de não conhecer a realidade, mas enalteceu o ano do futebol. "Baseando nos resultados enxergamos como conveniente a continuação do pessoal que aí esta em 2017".

Sobre os projetos para o cargo de mandatário do Conselho, Hugo Bravo fala de reformulação do estatuto, da tentativa de trazer mais pessoas para colaborar com o clube, valorização dos conselheiros, fiscalização, aprovação de orçamentos e de uma postura de parceria com o executivo.

"Queremos delimitar um planejamento estratégio para o clube, até porque é uma função do Conselho ditar as normas gerais da agremiação. Não sei se vamos conseguir, mas vamos tentar".

Presidência Executiva

Com a boa campanha do Vila Nova no Campeonato Brasileiro, Ecival Martins se fortaleceu em 2018 e aparece como principal candidato para o próximo biênio. Até o momento nenhum outro nome surgiu para disputa e a tendência é que em dezembro, ele seja aclamado para dar sequência a sua administração no Onésio Brasileiro Alvarenga.

 

 

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA