Vila Nova encerra trabalhos em Goiânia (Foto: Paulo Massad / VNFC)
amassad
O Vila Nova embarcou para Porto Alegre mantendo sigilo quanto a escalação titular que vai estar em campo na partida decisiva contra o Internacional, neste sábado (11), às 16h30, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, pela 35ª rodada do campeonato Brasileiro da Série B.

Ainda com possibilidade de acesso, o Vila está na sexta colocação com 53 pontos, e só a vitória interessa para as pretensões do clube. O Inter, líder do Brasileiro Série B com 63 pontos, pode garantir matematicamente seu acesso já nesta rodada, caso vença o Vila Nova, e o Paraná saia derrotado da partida contra o Luverdense.

Na manhã desta sexta-feira (10), o Vila realizou, em Goiânia, a última atividade antes do desafio contra o Internacional, onde o técnico Hemerson Maria manteve o rito de guardar segredo quanto a escalação da sua equipe. A relação dos 11 titulares só será divulgada 1h antes do início da partida.

No entanto, o Vila tem apenas uma baixa para o jogo decisivo no Sul. O atacante Moisés segue no departamento médico se recuperando de uma pancada na cabeça ocorrida no empate em 1 a 1 com o Paysandu. A previsão é de que o atacante esteja à disposição já para o confronto contra o Náutico. Tiago Adan volta de suspensão e fica à disposição.

O baixo rendimento da equipe comandada pelo técnico Hemerson Maria, nos últimos jogos, tem causado desconfiança e especulações quanto aos motivos da queda de produção em campo. Porém, Hemerson Maria fez questão de afastar todo e qualquer boato de que haja problema interno na equipe.

“Quero dizer para o torcedor que não existe falta de vontade, de comprometimento ou de trabalho. Não há nenhum problema interno aqui, nenhum problema entre comissão, jogadores e diretoria, está tudo certo, com exceção aos resultados que não vieram”, disse o treinador.

Depois de ficar 21 rodadas no G-4, agora, no segundo turno, o Vila Nova depende de tropeços dos concorrentes diretos para voltar a zona de acesso. Sobre o porquê de sua equipe estar nesta situação, Hemerson Maria fez suas considerações.

“O que aconteceu nesse segundo turno foi que não conseguimos alguns resultados, acabamos empatando algumas partidas em que fomos melhores do que os adversários, além de uma melhora dos concorrentes diretos que tiveram uma regularidade. Amanhã temos uma nova oportunidade e esperamos que a gente possa fazer um grande jogo e sairmos de lá vitoriosos”, analisou Hemerson Maria.

Quanto ao adversário do Vila, o Internacional, a exemplo do colorado goiano, o time gaúcho realizou sua última atividade antes do jogo de sábado (11) também com os portões fechados. A atividade aconteceu no estádio Beira-Rio, mas a entrevista coletiva, com o técnico Guto Ferreira, foi realizada no CT Parque Gigante.

A principal dúvida de Guto Ferreira era quanto a presença de Leandro Damião. O centroavante se recupera de um desconforto na coxa esquerda e, mesmo não estando 100% recuperado, acabou sendo relacionado para enfrentar o Vila. O jogador ainda será reavaliado minutos antes do jogo. Caso seja vetado, Carlos é o principal candidato para a vaga no comando do ataque.

Os desfalques do Inter ficam por conta de seu sistema defensivo. Guto Ferreira não poderá contar com sua zaga titular, já que Danilo Silva ainda está se recuperando de uma lesão na coxa, e Victor Cuesta, que não deve jogar mais nesta temporada, se recupera de uma lesão na panturrilha esquerda. Thales será mantido no lugar de Danilo, enquanto Léo Ortiz entra na vaga de Cuesta.

O Internacional não vence há três rodadas e, mesmo na ponta da tabela, não tem mostrado um bom futebol nas suas últimas partidas. O meia-atacante D’Alessandro reconhece os insucessos dos últimos jogos, principalmente em casa, mas vê a evolução da equipe durante toda a temporada.

“Nós conseguimos uma sequência de vitórias importantíssimas com organização, dedicação, esforço, humildade para correr atrás e entender como que era jogar a B. Demoramos um pouquinho, mas se notou a diferença. Ao igualar vontade e raça com outro time, você sobressai. Nosso time tem muita qualidade”, disse D’Ale.  

Na partida deste sábado (11) estarão em campo duas equipes que podem ter seus futuros definidos na 35ª rodada. O Inter a um passo de conquistar o retorno à elite do futebol Brasileiro, e o Vila Nova sabendo que a derrota extermina o sonho de estar na série A de 2108.

FICHA TÉCNICA

INTERNACIONAL-RS X VILA NOVA-GO

35ª rodada – Brasileiro Série B

Data: 11/11/2017
Local: Beira-Rio, em Porto Alegre
Horário: 16h30 (de Brasília)

Árbitro: Dyórgines José Padovani de Andrade (ES)
Assistentes: Fabiano da Silva Ramires (ES) e Vanderson Antonio Zanotti (ES)

Internacional: Danilo Fernandes; Cláudio Winck, Thales, Léo Ortiz e Uendel; Rodrigo Dourado, Edenílson, D'Alessandro, William Pottker e Eduardo Sasha; Leandro Damião (Carlos). Técnico: Guto Ferreira

 Vila Nova: Luis Carlos; Maguinho, Alemão, Wesley Matos e Gastón Filgueira; PH, Geovane, Alan Mineiro, Wallyson (Mateus Anderson) e Alípio; Tiago Adan (Lourency). Técnico: Hemerson Maria

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA