Hemerson Maria (Foto: reprodução/internet)
ruim
Vila Nova e Paysandu se enfrentaram na noite desta sexta-feira (03), em jogo válido pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro da série B, com propósitos diferentes dentro da competição.

O Vila, 6º colocado, chegou para o confronto alimentando a expectativa de se reaproximar do G-4. O Paysandu, 11º colocado, buscando se afastar de vez da zona do rebaixamento.

A partida começou movimentada, com o Vila buscando atacar o adversário. Na primeira investida, Moisés roubou a bola do zagueiro Perema, invadiu a área e bateu cruzado, mas Diego Ivo desviou.

Aos 15 minutos, o lance que poderia abrir o placar, na Curuzu, terminou com a substituição do atacante Moisés. Após bola recuada, Emerson, goleiro do Paysandu, se atrapalhou na hora de afastar e chutou em cima de Wallyson. O atacante cruzou na área para Moisés, mas Diego Ivo chegou antes, tirando de cabeça. Diego Ivo e Moisés se chocaram na disputa pelo alto, e Moisés teve que deixar o gramado de ambulância. Tiago Adan entrou em seu lugar.

Com a bola novamente em jogo, aos 25 minutos o Vila Nova teve um escanteio ao seu favor. Alan Mineiro foi para a cobrança. A bola viajou pelo primeiro pau, o goleiro Emerson saiu mal, e Wallyson, que não marcava desde o estadual, abriu o placar. Vila 1 a 0. Os jogadores do Paysandu reclamaram falta de Wesley Matos em cima do goleiro Emerson.

Depois do gol do Vila, foi só pressão do Paysandu. No primeiro lance, o atacante Juninho, ex Atlético-GO e Vila Nova, cruzou, e Luis Carlos afastou de soco. Em seguida, Fábio Matos ficou com a sobra e bateu colocado. A bola saiu tirando tinta da trave do goleiro do Vila.

A resposta do Vila Nova foi imediata. Em cobrança de falta, Wallyson bateu forte, a bola explodiu no peito do goleiro Emerson e, na sobra, Tiago Adan, com perfeita condição de marcar, permitiu que o goleiro Emerson crescesse para cima e desviasse para fora.

E, aos 37 minutos da etapa inicial, o artilheiro Bergson, retornando de lesão, deixou sua marca registrada. Wesley Matos não conseguiu parar Fábio Matos, que foi até a linha de fundo, pela esquerda, e cruzou. A bola veio rasteira em direção à pequena área, onde Alemão, o outro zagueiro do Vila, permitiu a antecipação do atacante do Papão. Tudo igual na Curuzu. 1 a 1.

No finalzinho do primeiro tempo, Bergson ainda teve a chance de virar a partida. Depois de um rápido contra-ataque, Nando Carandina cruzou na área e o artilheiro do Papão meteu a cabeça. A bola foi por cima do gol de Luis Carlos.

A segunda etapa começou menos intensa, e quem partiu para cima, impondo pressão, foram os donos da casa. Aos 14 minutos, Bergson arriscou de longa distância, e o goleiro Luis Carlos espalmou para fora.

Depois, foi a vez de Caion puxar o contra-ataque pelo meio e servir Bergson pela direita. O atacante bateu para a área e Caion, mesmo se esticando todo, não conseguiu empurrar para o gol.

A partida, no segundo tempo, diferente da primeira etapa, foi travada e com poucas chances reais de gol. O último lance, para fechar o segundo tempo apático, foi a favor do Paysandu. Na última jogada da partida, Guilherme Santos levantou na área, mas Bergson subiu fazendo a carga faltosa.

E este foi o placar final. Paysandu 1x1 Vila Nova. Com o resultado, a equipe comandada pelo técnico Hemerson Maria permanece na 6ª colocação com 52 pontos, e na próxima terça-feira recebe o Santa Cruz, às 19h15, no estádio Serra Dourada. O Paysandu ocupa a 11ª colocação com 42 pontos, e vai a Recife, para enfrentar o Náutico-PE, na Arena Pernambuco.

FICHA TÉCNICA

33ª rodada do Campeonato Brasileiro da série B

PAYSANDU 1X1 VILA NOVA

Data: 03/11/2017
Local: Curuzu, em Belém
Horário: 21h30 (de Brasília)

 Árbitro: Paulo H. Schleich Vollkopf (MS)

Assistentes: Eduardo Goncalves da Cruz (MS) e Leandro dos Santos Ruberdo (MS)

Cartões amarelos: Diego Ivo (PAY), Caion (PAY), Tiago Adan (VIL), Fagner (VIL)

Gols: Wallyson (VIL, 24 1T), Bergson (PAY, 37 1T),

Paysandu: Emerson; Ayrton, Perema, Diego Ivo e Guilherme Santos; Nando Carandina, Renato Augusto e Fábio Matos (Diogo Oliveira); Juninho (Welinton Júnior), Caion e Bergson. Técnico: Marquinhos Santos.  

Vila Nova: Luis Carlos; Anderson Luís, Wesley Matos, Alemão e Mateus Müller; PH, Geovane, Fagner e Alan Mineiro (Fernando Medeiros); Moisés (Tiago Adan) e Wallyson (Alípio). Técnico: Hemerson Maria. 

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA