Técnico Hemerson Maria (Foto: assessoria VNFC)
maria hemerson
Se a 32ª rodada do Campeonato Brasileiro da série B – em que a derrota para o Paraná fez o G-4 ficar mais distante – foi desastrosa para o Vila Nova, onde nada deu certo, a rodada seguinte começou trazendo ânimo novo para a equipe.

O derrotado da vez, no confronto direto, agora, nesta 33ª rodada, foi o Paraná que, em casa, acabou sendo surpreendido pelo o Oeste de Itápolis, ao ver a equipe paulista, de virada, vencer por 2 a 1.

O resultado não só aumentou a responsabilidade do Vila Nova para o próximo confronto, como possibilitou, o grupo, de enxergar mais perto a zona de acesso da competição.

A olhar pela projeção, o Vila pode terminar a rodada a dois pontos do grupo dos quatro melhores colocados e, já na 34ª rodada, onde recebe o Santa Cruz, no Serra Dourada, voltar a figurar no G-4.

Para que isso aconteça, a equipe comandada por Hemerson Maria terá, mais do que nunca, a obrigação de conquistar, primeiramente, os três pontos em disputa, na próxima sexta-feira (04), com o Paysandu, às 21h30 (de Brasília), no estádio da Curuzu.

Neste campeonato Brasileiro, o Vila Nova tem sido um visitante Discreto. Das 14 vitórias que a equipe conquistou, até agora, seis foram jogando fora de casa. No mais, foram três empates e sete derrotas longe de Goiânia.

De olho na tabela de classificação, e nos jogos que ainda vão acontecer nesta rodada, o Vila, primeiramente, para se reaproximar do pelotão de cima, terá de voltar a vencer no campeonato.

O último triunfo foi justamente fora de casa, quando bateu o Criciúma por 1 a 0, com gol marcado pelo atacante Alípio, em jogo válido pela 30ª rodada.

O próximo confronto será contra o Paysandu, onde o Vila vai a Belém, de olho nos demais jogos da 33ª rodada. A equipe entrará em campo já sabendo o resultado da partida entre Ceará, segundo colocado com 58 pontos, e o Juventude-RS, oitavo colocado com 46. O confronto será em Caxias-RS, às 19h15, no estádio Alfredo Jaconi.

Guarani-SP, 15º colocado, lutando para não caiar, e América-MG, terceiro colocado com 57 pontos, será o outro confronto, que estará na mira da nação colorada. As duas equipes se enfrentam no sábado, às 17h30, em Campinas.

Sobre o resultado do confronto direto entre Paraná e Oeste, o técnico Hemerson Maria concordou que foi o melhor que poderia acontecer para sua equipe. Porém, pontuou a importância de vencer o Paysandu, para que o resultado de Paraná e Oeste faça sentido para as pretensões do Vila na sequência do campeonato.

“Penso que o melhor resultado que poderia acontecer para nós em termos de campeonato seria essa vitória do Oeste. Mas, ao mesmo tempo, a rodada só é boa quando nós vencemos. Não adianta nada os resultados nos favorecerem se não conseguimos a vitória em Belém”, disse Hemerson Maria.

Subsequente ao jogo contra o Paysandu, o Vila Nova volta atuar em Goiânia, em partida válida pela 34ª rodada. Recebe o Santa Cruz, na terça-feira (07), às 19h15 (de Brasília), no estádio Serra Dourada.

Na mesma noite, o América-MG recebe o ABC-RN, no Horto, O Oeste-SP recebe o Figueirense, na Arena Barueri, O Paraná vai a Pelotas-RS enfrentar o Brasil-RS, e o Ceará recebe o Guarani, na Arena Castelão.

A combinação de resultados destes jogos, havendo tropeços das equipes que estão na zona de acesso, pode devolver a equipe de Hemerson Maria ao G-4 já na 34ª rodada, caso o Vila faça o seu dever de casa, que é vencer as duas partidas que terá pela frente.

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA