Frustração da torcida do Vila após empate em casa (Foto: Divulgação)
empate a
O Vila Nova recebeu o Oeste de Itápolis, neste sábado (21), no estádio Serra Dourada, e não passou de um 0 a 0. Depois de Brasil de Pelotas e Goiás, este foi o terceiro empate do clube jogando em casa. Mais de 22 mil torcedores compareceram ao estádio Serra Dourada, e foram embora insatisfeitos com o placar.

Lutando para chegar ao G-4, as duas equipes tinham a disputa como um confronto direto. Faltando sete rodadas para o fim do Brasileiro Série B, o resultado não foi bom para nenhum dos dois lados.

O Vila buscou, desde o início, impor pressão para cima do visitante, mas parou na forte defesa da equipe de São Paulo. No primeiro tempo, para o Vila, as melhores oportunidades surgiram com Alípio, que de carrinho tentou o gol, e com o zagueiro Brunão, logo após cobrança de falta.

O Oeste-SP teve sua melhor oportunidade, na primeira etapa, nos pés de Raphael Luz, que de fora da área levou perigo para o goleiro Luis Carlos.

A equipe do técnico Hemerson Maria até conseguia criar boas jogadas, mas dificilmente chegava em condições de marcar. O Oeste, comandado pelo técnico Roberto Cavalo, tinha como proposta de jogo se fechar e esperar o adversário.

No segundo tempo, aos 24 minutos, o Oeste-SP ficou com um jogador a menos. Betinho recebeu cartão vermelho. O atacante fez falta em Maguinho depois ótima jogada do lateral direito do Vila Nova. Como já tinha cartão amarelo, recebeu o segundo e foi expulso.

E assim terminou a partida entre Vila Nova e Oeste. Empatada em 0 a 0. Resultado ruim para as duas equipes. Na saída do gramado, Moisés tentou explicar o porquê da falta de gols. Para o atacante, o Vila Nova pecou no último passe, e por isso não abriu o placar.

“Caprichar um pouco mais. Falta um capricho no último passe. Criamos bastante, mas erramos muito no último passe. É ter tranquilidade, pois a competição é assim mesmo”, disse o atacante do Vila.

Com o resultado, o Vila se mantém na 5ª colocação com 51 pontos, e na próxima rodada terá mais um confronto direto, dessa vez, fora de casa. Vai a Vila Capanema, no estádio Durival de Brito, onde enfrenta o Paraná, 4º colocado com 53 pontos.

O Oeste-SP permanece na 6ª colocação com 49 pontos, e na próxima rodada recebe o Brasil de Pelotas, na Arena Barueri.

FICHA TÉCNICA

Campeonato Brasileiro da Série B – 31ª rodada  

VILA NOVA 0X0 OESTE

Data: 21/10/2017   
Horário: 17h30 (de Brasília)   
Estádio: Serra Dourada

Renda: R$226.525,00

Público presente: 22.076

 

Árbitro: Marielson Alves da Silva (BA)  
Assistentes: Alessandro Alvaro Rocha de Matos – FIFA (BA) e Elicarlos Franco de Oliveira (BA)   

Cartões amarelos: Geovane (VIL), Alemão (VIL), Wallyson (VIL); Danielzinho (LUV), Betinho (LUV)

Cartão Vermelho: Betinho (LUV)

Vila Nova: Luis Carlos; Maguinho, Alemão, Brunão (Guilherme Teixeira) e Gastón; PH (Tiago Adan), Geovane, Alan Mineiro e Alípio (Wallyson); Mateus Anderson (Moisés) e Lourency.

Técnico: Hemerson Maria

Oeste-SP: Rodlfo; Daniel Borges, Jailson, Leandro Amaro e Guilherme Romão; Wilson Mathias, Betinho e Mazinho; Gabriel Vasconcelos (Robert), Raphael Luz e Danielzinho (Henrique).

Técnico: Roberto Cavalo

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA