Alípio, peça fundamental do Vila na vitória contra o Criciúma (Foto: Agência Estado)
vila vila

Vila Nova e Criciúma entraram em campo, nesta terça-feira (17), desfalcados de seus principais jogadores. A partida, disputada no estádio Heriberto Hulse, começou com as duas equipes taticamente se estudando, sem nenhum momento de pressão nos primeiros 10 minutos.

 Precisando da vitória para se aproximar do G-4, preocupado em não tomar o gol, o técnico Hemerson Maria optou por uma formação mais defensiva, escalando três volantes. E nestas condições, na primeira grande chance do jogo, até então, Mateus Anderson chutou de fora da área. A bola explodiu no travessão e sobrou com Alípio. Ele bateu, o goleiro Edson espalmou, e na sobra o atacante do Vila mandou para o gol.

 No ataque seguinte, o poder ofensivo do Vila Nova voltou a funcionar. Impôs velocidade pela direita e quase assinalou o segundo gol. Fernando Medeiros cruzou rasteiro e o volante Douglas Moreira por pouco não marca contra.

 No final do primeiro tempo, o Criciúma teve uma ótima oportunidade de empatar a partida. Alex Maranhão, em cobrança de falta, levantou na área. O zagueiro alemão tentou cortar e mandou para o canto direito de Luiz Carlos. Wesley Matos, quase em cima da linha, afastou do jeito que deu.

 Logo em seguida, o Criciúma chegou novamente. Falta perigosa da entrada da área. Alex Maranhão bateu com força e, no puro reflexo, o goleiro Luis Carlos fez milagre ao defender.

 E no último lance do primeiro tempo, o Vila teve a melhor oportunidade de ampliar. Em um vacilo da zaga, Fernando Medeiros desceu em contra-ataque. Três jogadores do Vila Nova, contra apenas um do Tigre de Santa Catarina. Medeiros fez a pior opção e serviu Maguinho, que chutou fraco para a defesa de Edson. Alípio esperava livre pela esquerda.

 O segundo tempo, ao contrário do que foi a primeira etapa, começou com o Criciúma dominando as ações ofensivas. Aos seis minutos, Caíque criou a primeira oportunidade para os donos da casa. Limpou para dentro e bateu de fora da área. Luis Carlos praticou a defesa.

 Com o Vila Nova irreconhecível no segundo tempo, o Criciúma teve uma excelente oportunidade de empatar a partida. Falta na entrada da área, após chute de Caíque, bloqueado pelo sistema defensivo colorado. Alex Maranhão bateu, mas dessa vez a bola ficou na barreira.

 E, o jogo não passou disso. Mesmo em meio a pressão do Criciúma, que impôs domínio durante toda a segunda etapa, o Vila Nova conseguiu o objetivo, que era de se aproximar do G-4. Importante vitória fora de casa. Final de jogo no estádio Heriberto Hulse, Criciúma 0x1 Vila Nova. Com o resultado, o Vila chega a 50 pontos - dois atrás do Paraná -, e permanece na 5ª colocação. 

 O Vila Nova volta a campo no próximo final de semana. Terá dois confrontos diretos na sequência da série B. No sábado (21), às 17h30, recebe o Oeste no estádio Serra Dourada.

 Depois, no dia 24, terça-feira, vai a Curitiba enfrentar o Paraná, às 21h30, na Vila Capanema. Para o confronto do final de semana, o Vila não poderá contar com o zagueiro Wesley Matos, que recebeu o terceiro cartão amarelo e está suspenso.

O Criciúma recebe o líder do campeonato, o Internacional, também no sábado, às 16h30, no estádio Heriberto Hulse.

 

 FICHA TÉCNICA 

CRICIÚMA 0X1 VILA NOVA

 

Local: estádio Heriberto Hülse, em Criciúma (SC)
Data: 17 de outubro de 2017, terça-feira
Horário: 20h30 (de Brasília)

Árbitro: Joao Batista de Arruda (RJ)
Assistentes: Luiz Claudio Regazone (RJ) e Eduardo de Souza Couto (RJ)

Cartões Amarelos: Nino (CRI), Douglas Moreira (CRI), Caíque (CRI), Wesley Matos (VIL), Fagner (VIL),

Gols: Alípio (VIL), 13 1ºT;

 CRICIÚMA: Edson; Maícon Silva, Nino, Edson Borges e Jocinei; Douglas Moreira (Fabinho Alves), Ricardinho, Caique e Alex Maranhão; Adagilso PitBull (Kalil) e Caio Rangel (Moisés). Técnico: Beto Campos

 VILA NOVA: Luis Carlos; Maguinho, Wesley Matos, Alemão e Gastón Filgueira; Fagner, PH, Fernando Medeiros (Tiago Adan), Mateus Anderson (Wallyson); Alípio (Léo Rodrigues) e Lourency. Técnico: Hemerson Maria

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA