Hemerson Maria - Técnico do Vila Nova. (Foto: Paulo Massad)
hemerson maria 13

O sonho do acesso para a elite do futebol nacional já foi alcançado pelo novo técnico do Vila Nova Futebol Clube. Hemerson Maria alcançou o feito em 2014 com o Joinville. Aos 45 anos o profissional que já passou por Avaí e Fortaleza, será o substituto de Mazola Júnior que foi demitido após a decisão do Goianão. 

A estréia de Hemerson Maria será contra o Boa Esporte, neste sábado (13, na cidade de Varginha-MG no Campeonato Brasileiro da Série B. 

A diretoria do Vila anunciou a contratação de 8 reforços para o Brasileirão: O zagueiro Guilherme Teixeira, os volantes Jajá e Claudinei, o meia Rodrigo Alves e os atacantes Thiago Adan, Vinicius Leite, Sandes Neto e Alan Mineiro.

Se alguns estão chegando, outros jogadores estão deixando o Onésio Brasileiro Alvarenga e não vão trabalhar com Hemerson Maria. O Tigrão liberou 5 nomes após o encerramento do Campeonato Goiano: Goleiro Matheus Kaiser, lateral Jonathan, volantes Billy e Marcos Serrato e o atacante Vandinho.

Hemerson Maria em seu primeiro contato com a imprensa fez questão de elogiar o elenco colorado e dizer que o grupo é competitivo. Evitou dizer que a briga para ficar entre os quatro está no planejamento, porém afirmou acreditar e buscar o sonho: "É preciso mirar no sol para alcançar as estrelas".

Acerto com o Vila

- Estou nesse desafio por conta da seriedado do clube nos últimos anos. Tive uma conversa com o Felipe que ele colocou todo o projeto e eu achei interessantíssimo. O Vila Nova vem de uma campanha no ano passado em que na Série B faltou um pouco de sorte poderia chegar ao objetivo de acesso. Espero juntamente com todas as pessoas que fazem parte da instituição, fazer um trabalho que nós leve aos objetivos. Quem 2017 seja melhor que 2016.

Meta

- Eu utilizo sempre uma frase onde trabalho: É preciso mirar no sol para alcançar as estrelas. Se tivermos uma grande entrega aqui dentro e o comprometimento, poderemos quem sabe estar presenteando a massa do Vila com um acesso. É arregaçar as mangas e trabalhar em prol desse clube para alcançar o acesso que é o que busca a maioria das equipes da Série B.

Situação financeira

- Todos começam 100% comigo no quesito credibilidade. Não adianta as pessoas falarem mal de um ou de outro e é até de um clube. Conversei com as pessoas que me passaram uma segurança muito grande. O Felipe Albuquerque me passou muito seriedade, sou muito otimista. 

Elenco

- Pelos nomes dos atletas, as contratações e os jogadores que estamos buscando, o Vila Nova tem hoje um time competitivo. Cabe o clube dar confiança e condições de trabalho para que o rendimento dos atletas possam dar resultados e consequentemente chegar ao objetivo.  

Jogar com a torcida

- É muito importante vencer os jogos fora de casa, mas é necessário fazer o fator casa. É uma situação que eu quero que o torcedor me entenda, as vezes em casa não tem como atuar no mesmo ritmo do torcedor e precisamos jogar no nosso jogo. Acelerar quando for preciso e as vezes jogar de uma forma para guarnecida para sair em contra golpe, forçando os erros do adversário.

BUSCA