logomarcadiariodegoias2017

Hemerson Maria. (Foto: Comunicação Vila Nova FC)
hemerson maria 02

Desde que assumiu o Vila Nova Futebol Clube, Hemerson Maria não perdeu nenhum clássico contra o Goiás. Em três partidas foram duas derrotas e um empate. O técnico colorado também levou a melhor no encontro diante o Atlético no Goianão 2018.

Neste sábado (3), o Tigrão volta a enfrentar seu grande rival, e o comandante vermelho descarta o rotulo de “rei dos clássicos”. Para ele o trabalho de equipe vem sendo o determinante para os triunfos diante dos rivais.

“Não tem essa de rei de clássico. Se vencemos foi mérito do grupo, do clube e do torcedor que vai nos apoio. Sempre digo que somos a parte mentora que idealiza uma maneira de jogar. Os jogadores são o executores. Me coloco como uma peça da engrenagem”.

Hemerson Maria projeta um segundo encontro diante do Goiás com mais complicações. “Será muito mais difícil. Não tenho nenhuma dúvida disso e teremos que jogar muito mais bola para conquistarmos uma vitória. Já houve um crescimento físico nos jogadores do Goiás e o Hélio fez um revezamento pensando nessa questão.

Time

Contra o Rio Verde o único titular que esteve em campo foi o goleiro Matheus Pasinato. Os demais jogadores foram poupados devido a sequência grande jogos neste início de temporada. Para a partida contra o Goiás, Hemerson Maria confirmou o retorno de todos.

“Volta os dez jogadores e a manutenção do Matheus Pasinato. A equipe vem jogando bem e vamos procurar dar bastante moral para esse grupo. Contamos com o torcedor e que ele compareça em grande número no Olímpico para nos apoiar”.

Sugestões e críticas, mande um Zap para a Redação

whatsapp 512

62 9 9820-8895

SEARCH