Hélio dos Anjos enaltece grupo (Foto: Rosiron Rodrigues)
dos
Outubro foi o mês em que o Goiás esteve mais vezes no estádio Serra Dourada, neste campeonato Brasileiro da série B. Ao todo, foram cinco jogos, a contar a partida com o Vila Nova, em que a equipe comandada pelo técnico Hélio dos Anjos foi à campo como “visitante”, já que o mandante era o rival.  

No total, foram 15 pontos disputados, dos quais o Goiás conquistou nove. Venceu Náutico-PE e Juventude-RS, e empatou com Vila Nova, Guarani e Criciúma, sendo os dois últimos em sequência, o que trouxe certo desconforto para o clube, já que o objetivo de Hélio dos Anjos era o de se livrar do risco de queda para a série C ainda em outubro.

O Goiás ocupa a 9ª colocação com 43 pontos, e precisa de mais uma vitória nos cinco jogos que ainda restam, para garantir permanência na série B do ano que vem. Contudo, o técnico Hélio dos Anjos pôde observar pontos positivos nos últimos resultados, em especial, nos empates seguidos com Guarani e Criciúma jogando em casa.

“Eu saio chateado não pelos resultados, mas pelo que eles (jogadores) tentaram fazer dentro de campo e não conquistaram os resultados [...] sabíamos que íamos ter uma dificuldade muito grande, mas eu gostei da postura do meu time, gostei do sistema ofensivo no segundo tempo (contra o Criciúma)”, disse Hélio dos Anjos.

Desde que retornou ao Goiás, na 25ª rodada, a equipe esmeraldina sofreu apenas uma derrota nos nove jogos disputados até agora. Hélio dos Anjos soma a frente do clube cinco vitórias, três empates, e a derrota para o Boa Esporte, em Varginha, na 26ª rodada.

O Goiás volta a campo na próxima terça-feira (07), para enfrentar o Londrina-PR, às 20h30 (de Brasília), no estádio do Café, em jogo válido pela 34ª rodada do Brasileiro série B. Para esta partida, o técnico Hélio dos Anjos terá a volta de Léo Sena, que cumpriu, na partida contra o Guarani, suspensão automática pelo terceiro cartão amarelo. 

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA