Hely Maia, Rodrigo Carvalho e Casinha (Foto: assessoria GEC)
basgo
A relação entre Goiás Esporte Clube com a CBF – Confederação Brasileira de Futebol – segue se fortalecendo. Sabendo do histórico do Goiás como clube formador, desde quarta-feira (01), Rodrigo Carvalho, observador técnico da CBF – entidade que comanda o futebol brasileiro – está em Goiânia, visitando o CT Edmo Pinheiro.

O observador, especificamente, veio ao clube para monitorar atletas das categorias de base do Goiás que, futuramente, possam ter chances de convocação para a Seleção Brasileira.

Rodrigo Carvalho compõe a equipe do coordenador de Seleções, Edu Gaspar e, em seu primeiro dia no clube, acompanhou a semifinal da Copa Goiás Sub-19, no estádio Hailé Pinheiro, na última quarta-feira (01).

Nesta sexta-feira (3), o observador da CBF aproveitou para realizar um passeio de reconhecimento do Centro de Treinamento Edmo Pinheiro, onde pode observar de perto a estrutura de trabalho dos garotos da base esmeraldina.

Sobre o que viu durante o “tour” pelas dimensões do Centro de Treinamento, Rodrigo Carvalho não se restringiu em pontuar o que de melhor o Goiás tem a oferecer para os jovens atletas.

“Eu achei a estrutura fantástica, o clube está de parabéns. Conheci o CT e a Serrinha e são excelentes estruturas de trabalho, os atletas aqui tem totais condições de evoluírem com os bons profissionais que tem aqui”, disse Rodrigo Carvalho.

A relação entre Goiás e CBF vem se fortalecendo por meio dos tempos. Projetando o futuro, nos últimos anos, o Goiás teve alguns de seus atletas da base convocados para a Seleção Brasileira.

O mais recente, o atacante Richard, hoje no Santos, em 2012 e 2013, ainda na base do Goiás, fez parte da seleção sub-15. Outros atletas, como o atacante Erik, hoje no Palmeiras, e o meia Liniker, ambos do sub-20, em 2013, também tiveram oportunidades na seleção brasileira da categoria. 

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA