Hélio dos Anjos (Foto: Rosiron Olinto)
empate g
Com a mesma quantidade de pontos e com o mesmo objetivo. Assim Goiás e Criciúma, nono e 10º colocados com 42 pontos, entraram em campo nesta terça-feira (31), pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Com as duas equipes buscando confirmar presença na série B de 2108, apesar da chuva, o jogo começou quente. O Goiás foi o primeiro a dar o recado, e aos quatro minutos de bola rolando, fez as honras da casa.

Após cruzamento vindo da direita, Carlos Eduardo, dentro da pequena área, livre de marcação tentou de voleio, e o goleiro Luiz salvou em cima da linha.

Não demorou e veio a resposta do Criciúma. Moisés recebeu pela ponta esquerda, ajeitou para a perna canhota e soltou a bomba. A bola desviou em Carlinhos e por muito pouco não enganou Marcelo Rangel.

No lance seguinte, mais Criciúma no ataque. Após cruzamento pela direita, a bola sobrou com o zagueiro Raphael Silva que, de fora da área, bateu forte. A bola passou por cima da meta, sem oferecer perigo para Marcelo Rangel.

Ignorando o gramado encharcado, o Goiás insistia nos lançamentos em profundidade. O atacante Aylon recebeu ótimo passe em direção ao gol, ganhou na corrida dos marcadores, mas chutou em cima de Luiz, que saiu do gol para praticar a defesa.

O Goiás era todo pressão. Carlos Eduardo partiu pela direita, invadiu a área, deixou Diego Giaretta na saudade e bateu de esquerda. A bola tinha endereço certo, mas ficou na zaga do Criciúma, que em seguida afastou.

Etapa final

O Goiás voltou com uma modificação para o segundo tempo. Júnior Viçosa ficou nos vestiários para a entrada de Michael que, logo aos 30 segundos, recebeu da entrada da área e bateu para a defesa de Luiz.

Os donos da casa continuavam a pressionar. Victor Bolt viu Aylon livre na entrada da área. O atacante recebeu sem marcação, ficou frente a frente com o goleiro Luiz, escolheu o canto, mas desperdiçou, batendo rasteiro, facilitando para o arqueiro do Criciúma.

A chuva continuou a cair no gramado do Serra Dourada, mas não diminuiu o calor da partida. Dessa vez, Silvinho foi quem esquentou o jogo.

O atacante do Criciúma recebeu pela esquerda e, em velocidade, invadiu a área livre de marcação, e chutou forte rasteiro. Marcelo Rangel cresceu para cima do jogador, mandando para escanteio. Por muito pouco, o Criciúma não abriu o placar.

E a água que caiu em Goiânia, para aliviar os quase cinco meses de estiagem, não impediu que o atacante Carlos Eduardo coroasse a partida com uma pintura de gol.

Aos 27 minutos da etapa final, ele recebeu belo passa de Michael e acelerou em direção ao gol. A bola insistiu em ficar na poça d’água, mas Carlos Eduardo foi mais esperto. O número sete do Goiás avançou e, de frente com o goleiro Luiz, fez uma excepcional cavadinha, abrindo o placar com um golaço. Goiás 1 a 0.

O gol obrigou o Criciúma a se movimentar, e a equipe comandada por Beto Campos, até o apito final, foi só pressão.

O bombardeio começou com Caio Rangel que, de muito longe, chutou forte, obrigando Marcelo Rangel a se esticar todo, para praticar uma grande defesa, mandando para escanteio.

Minutos depois, veio pancada em casa. A equipe de Hélio dos Anjos não resistiu a pressão. Alex Maranhão cobrou escanteio pela direita, a zaga do Goiás ficou só observando e, Lucão, que acabara de entrar, meteu a cabeça na bola para deixar tudo igual. Goiás 1x1 Criciúma, placar final.

Este foi o sétimo empate do Goiás neste Campeonato Brasileiro. O Criciúma, com o 1 a 1 da noite, chegou ao 10º resultado igual na competição. Goiás e Criciúma chegaram a 43 pontos, se mantendo em nono e 10º colocados, respectivamente.

O Goiás volta a campo no dia 07 de novembro, terça-feira, para enfrentar o Londrina, no estádio do Café. No mesmo dia, o Criciúma recebe o Boa Esporte, no estádio Heriberto Hulse.

Novamente

Foi o segundo confronto, consecutivo, em que os comandados de Hélio dos Anjos saíram na frente, em casa, mas cederam empate nos instantes finais da partida. Contra o Guarani, na última rodada, após abrir o placar no início do jogo, o Goiás viu Luiz Fernando empatar aos 37 do segundo tempo.

 

FICHA TÉCNICA
33ª rodada do Campeonato Brasileiro da série B

 GOIÁS 1X1 CRICIÚMA

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)

Data: 31 de outubro de 2017, terça-feira
Horário: 19h30 (horário de Brasília)

Púglico pagante: 2.816
Renda: R$ 15.640

Árbitro: Vinicius Gonçalves Dias Araujo (SP)
Assistentes: Rogerio Pablos Zanardo e Herman Brumel Vani (SP)

Cartões amarelos: Alex Alves (GOI), Aylon (GOI), Douglas Moreira (CRI)

Gols: Carlos Eduardo (GOI, 27 2T), Lucão (CRI, 36 2T)

GOIÁS: Marcelo Rangel; Pedro Bambu, Fábio Sanches, Alex Alves e Carlinhos; Victor Bolt, Andrezinho (Thalles) e Elyeser; Carlos Eduardo (Nathan), Aylon e Júnior Viçosa (Michael)
Técnico: Hélio dos Anjos

CRICIÚMA: Luiz; Diogo Mateus, Raphael Silva, Edson Borges e Diego Giaretta; Barreto, Douglas Moreira e Alex Maranhão; Silvinho, Moisés (Caíque Valdívia / Lucão) e João Henrique (Caio Rangel). 

Técnico: Beto Campos

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA