Hélio dos Anjos trabalha mudança de postura do elenco (Foto: Goiás EC)
hh

Tendo todos os jogadores a disposição, o técnico Hélio dos Anjos não terá dificuldade na escalação do Goiás para o confronto desta terça-feira (17), diante do Juventude-RS, às 21h30, no estádio Serra Dourada.

Porém, após o confronto sem gol contra o rival, Hélio dos Anjos, em entrevista coletiva, deixou clara sua insatisfação com o rendimento do seu time, principalmente com o atacante Nathan, dando a entender que pode modificar a equipe para o jogo desta terça (17), em Goiânia.

“Eu achei o meu lado esquerdo de campo, principalmente o que dava profundidade, que é o Nathan, sem a mobilidade que eu queria [...] É um setor para ser revisto para o próximo jogo”, disse Hélio dos Anjos.

Sem nenhum jogador suspenso ou no departamento médico, caso repita a formação do último final de semana, Hélio dos Anjos deve mandar o Goiás a campo com Marcelo Rangel; Pedro Bambu, Fábio Sanches, Alex Alves e Carlinhos; Victor Bolt, Elyeser e Léo Sena; Carlos Eduardo, Nathan e Júnior Viçosa.

O objetivo do Goiás era o de conquistar três vitórias em três jogos seguidos dentro de Goiânia. Destes confrontos, restando apenas a partida contra o Juventude, em tese, o objetivo tem sido alcançado. Tecnicamente, foram “duas” até agora, já que o empate com Vila teve sabor de vitória.

O Goiás ocupa a 14ª colocação com 35 pontos - um a mais que o Luverdense, primeira equipe dentro do Z-4 -, e pode voltar a figurar na zona de rebaixamento, caso empate ou saia derrotado do duelo contra o Juventude. No entanto, a equipe comandada por Hélio dos Anjos, desde a chegada do treinador, não perde jogando no estádio Serra Dourada. Venceu Paysandu e Náutico, empatou com o Vila no final de semana, e nos últimos três jogos não sofreu gol.

Para o técnico do Goiás, a proposta de jogo no clássico foi estratégica. No entanto, agora é esquecer o que passou e pensar no que vem pela frente.

“A minha proposta dentro de campo, ela tinha que ser essa em função de tudo que nós estudamos sobre o Vila. Mas, nós mantivemos a estrutura de três atacantes. Na prática, eu queria quebrar a velocidade do Vila, mas ao mesmo tempo ser agudo com o Vila”,  palavras de Hélio dos Anjos.

Os ingressos para a partida entre Goiás e Juventude estão à venda desde sexta-feira (13). Os bilhetes custam R$20 nas cadeiras e R$10 nas arquibancadas. Aposta na “Timemania”, tendo o Goiás como clube do coração, dá direito a meia entrada.

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA