Elenco espera manter foco em boa sequência (Foto: Goiás EC)
verdao
Não será a primeira vez, neste brasileiro, que o Goiás entrará em campo sem a presença de seu maior patrimônio: a torcida. Cumprindo punição por conta da briga entre torcedores, na 10ª rodada, na partida contra o Vila Nova, o elenco se viu obrigado, em cinco jogos, a atuar com as arquibancadas vazias.

No próximo sábado (14), às 16h30, no estádio Serra Dourada, o clube volta, novamente, a atuar em casa sem a presença de seu torcedor.  “Visita” seu maior rival, em jogo válido pela 29ª rodada do campeonato brasileiro da série B. O departamento jurídico do clube tentou derrubar a liminar que impede torcedores esmeraldinos de prestigiarem o espetáculo, mas não foi atendido.

Tecnicamente, o fato de o jogo acontecer com torcida única faz com que o Goiás inicie os 90 minutos já em desvantagem. Mas não é isso que pensam os jogadores. O meia-atacante Thiago Luis acredita que reencontro, após clássico, deve fortalecer as energias do clube para a sequência do campeonato, a exemplo do que aconteceu anteriormente, quando a equipe cumpriu suspensão de cinco jogos, e retornou ao Serra Dourada vendo boa presença de público.

O jogador entende que, para o confronto contra o Tigre, de onde estiver, por meio de energia positiva, o torcedor vai alcançar todo elenco dentro de campo.

“A gente encara como uma semana diferente por ser um clássico, todo Estado estará vendo. Sempre respeitando a equipe do Vila Nova, é um jogo diferente e especial para nós e para quem vai assistir. Nossa motivação é nosso torcedor, que vai estar dando uma energia positiva. Vamos procurar fazer um bom jogo”, disse o jogador.

Para Fábio Sanches o discurso não muda. Em partes opostas da tabela de classificação, a realidade do esmeraldino é outra. A equipe busca se afastar do Z-4 – zona dos quatro últimos colocados-, e o zagueiro espera que o grupo repita os últimos bons resultados.

“A gente sabe da necessidade, da importância da vitória, nesse jogo, até porque a gente quer continuar nessa sequência de vitórias, então é um jogo muito importante, é um clássico, a gente sabe que é um jogo diferente, mas a gente esquece o que passou no primeiro turno, e a gente tá focada aí, nesse jogo, infelizmente com a torcida única, mas a gente tá confiante. Esperamos fazer um bom jogo, assim como fizemos contra o Náutico”, disse o zagueiro. 

O técnico Hélio dos Anjos comanda nesta sexta-feira (13) a última atividade antes do jogo de sábado (14), onde deve definir a equipe que vai a campo enfrentar o Vila Nova.

Contato com a redação:
(62) 99625-9856

BUSCA