logomarcadiariodegoias2017

Adson Batista - Diretor de Futebol Atlético. (Foto: Paulo Marcos)
adson chateado

O início rubro negro no Campeonato Goiano não está deixando só os torcedores chateados. Adson Batista, diretor de futebol do Atlético Clube Goianiense também mostra preocupação em relação ao baixo rendimento do time nos empates contra Itumbiara e Grêmio Anápolis. Em entrevista ao repórter Arthur Magalhães (Rádio 730), se posicionou a respeito do Dragão após duas rodadas.

"Foi um jogo sofrível e muito ruim. Temos a responsabilidade jogando em casa de mostra um futebol diferente. É só pegar os números do jogo e você vai ver que só jogamos para trás, erramos muitos passes e fomos muito previsíveis. Alguns jogadores se esconderam e não tivemos uma organização de um time profissional".

 Adson Batista mostra preocupação e chama a atenção para o confronto na Copa do Brasil contra o Altos-PI. Na 1ª Fase é jogo único e em casa do vitória do time piauiense o Atlético estará eliminado. Para avançar o time goiano terá a vantagem do empate.  

"Com essa nhaca não vamos passar por ninguém e fico preocupado com a Copa do Brasil. O João Paulo vai ter muito trabalho e para termos um sentido de equipe vai precisar melhorar muito. Nós sabemos onde estão os problemas, e quando não existe o equilibrio fica parecendo time de várzea. Precisamos jogar um futebol que o Atlético merece. Não vamos ficar de braços cruzados e jogador se não está bem técnicamente, é preciso ter no mínimo raça".

O jogo contra o Altos-PI está programado para o dia 7 de fevereiro (quarta-feira). Antes o Atlético terá na sequência do Goianão 2018 a Aparecidense, Vila Nova, Anápolis e Grêmio.

Sugestões e críticas, mande um Zap para a Redação

whatsapp 512

62 9 9820-8895

SEARCH