João Paulo Sanches
atecaiu
O Atlético-GO entrou em campo, na tarde deste sábado (04), buscando uma vitória sobre o São Paulo, para dar início àquele que seria o primeiro passo do milagre para se livrar do rebaixamento à série B.

No entanto, o que a equipe comandada por João Paulo Sanches encontrou foi um Serra Dourada invadido pela torcida adversária, e um São Paulo objetivado a conquistar três pontos, para se ver aliviado, definitivamente, do risco de queda para a segunda divisão do Campeonato Brasileiro.

A partida começou com o São Paulo à vontade para administrar a maior posse de bola, e propor o jogo na casa do adversário. No entanto, a primeira oportunidade de ataque foi do Atlético-GO.

Walter viu Andrigo livre pela direita e fez ótimo lançamento. O atacante avançou e cruzou na área, mas a bola saiu pela linha de fundo.

A resposta do São Paulo veio logo em seguida, depois de uma cobrança de falta bizarra de Andrigo, que por pouco não terminou com gol da equipe paulista. Cueva recebeu em contra-ataque, se livrou da marcação, e serviu Lucas Pratto. De frente para o gol, o atacante do São Paulo bateu prensado.

O Atlético-GO teve a chance de abrir ao placar. Após cobrança de escanteio da esquerda, William Alves subiu mais que a defesa são-paulina e meteu a testa na bola, que foi por cima da meta de Sidão. 

Aos 21 minutos da etapa inicial, veio o gol que sacramentou a 10ª derrota do Atlético-GO, em casa, neste brasileiro. Em contra-ataque rápido, o volante Petros recebeu na entrada da área e serviu Lucas Pratto, que se infiltrou pela ponta direita e bateu forte, cruzado. A bola encontrou o peito do profeta Hernane que, estilo Raí, ex craque do tricolor, mandou para o fundo da rede do goleiro Marcos. São Paulo 1 a 0.

O São Paulo ainda teve uma ótima oportunidade de ampliar no primeiro tempo. Marcos Guilherme serviu o lateral direito Araruna, que cruzou para Lucas Pratto. O argentino deu um carrinho e bateu de pé direito. A bola, que tinha endereço certo, desviou em William Alves e se perdeu pela linha de fundo.

Diferente de como começou o primeiro tempo, na segunda etapa, quem tomou a iniciativa foi o São Paulo. O peruano Cueva desceu pela direita, cortou para o meio e entregou para Marcos Guilherme. O atacante bateu cruzado e a bola riscou a trave esquerda do goleiro Marcos. 

O Atlético-GO revidou, depois de um erro de saída de bola do zagueiro Rodrigo Caio. Breno Lopes recebeu em contra-ataque rápido. O lateral esquerdo do Atlético-GO saiu nas costas de Araruna, cruzou para o volante Igor que, de pé direito, “recuou” para o goleiro Sidão, que encaixou em sinal de agradecimento.

Precisando do empate para se manter vivo na competição, na segunda etapa, o Atlético-GO era todo pressão. Niltinho, que entrou no lugar de Andrigo, cruzou da direita e Walter, sozinho na pequena área, bateu por cima do gol, perdendo a melhor chance do Atlético-GO no jogo.

No lance seguinte, o São Paulo deu a resposta. Hernanes fez perfeito lançamento para Cueva. O meia da seleção peruana bateu no ângulo do goleiro Marcos que, com firmeza, praticou a defesa.

E não passou disso no estádio Serra Dourada. Final de jogo, vitória do São Paulo por 1 a 0. O tricolor paulista alcançou pela primeira vez, neste brasileiro, a marca de três vitórias consecutivas, enquanto o Atlético-GO emplacou sua 4ª derrota consecutiva em casa.

Com a vitória, a equipe comandada por Dorival Junior chegou a 9ª colocação com 43 pontos, e está praticamente livre do risco de queda para a série B. Já o Atlético-GO que, antes da derrota em casa, precisava de um milagre para escapulir do rebaixamento, está a um passo de disputar a série B do ano que vem.

Os comandados de João Paulo Sanches voltam a campo na próxima quinta-feira (09), para enfrentar o Atlético-MG, às 20h, no estádio Independência. No mesmo dia, o São Paulo terá pela frente a Chapecoense, às 20h, no estádio Pacaembu, tendo em vista que o estádio do Morumbi está locado para a realização de Shows de Rock n’ Roll.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-GO 0x1 SÃO PAULO

Campeonato Brasileiro - 32ª rodada

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)

Horário: 19h (Brasília)

Árbitro: Bráulio da Silva Machado (SC)

Auxiliares: Kleber Lucio Gil (SC) e Neuza Inês Back (SC)

Renda: R$ 696.485,00

Público pagante: 15.439

Gol: Henanes (SP, 21 1T)

Atlético-GO: Marcos; Marcão Silva, Gilvan, William Alves e Breno Lopes; André Castro, Paulinho, Andrigo (Niltinho), Igor (Diego Rosa) e Luiz Fernando; Walter (Alison).

Técnico: João Paulo Sanches

São Paulo: Sidão; Araruna, Rodrigo Caio, Arboleda e Edimar; Jucilei, Petros, Hernanes, Marcos Guilherme e Cueva (Shaylon); Lucas Pratto (Gilberto).

Técnico: Dorival Júnior. 

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA