No 1º turno empate em 2 a 2 no Morumbi (Foto: Rubens Chiri / saopaulofc net)
acg
Na lanterna do campeonato, precisando de um milagre para se manter na séria A do ano que vem, o Atlético-GO recebe neste sábado (04), às 19h, no estádio Serra Dourada, o São Paulo, que chega para esta partida com as mesmas pretensões no Campeonato Brasileiro, porém, sem precisar de um milagre, por estar com mais fôlego na tabela de classificação.

A partida entre Atlético-GO e São Paulo marca o reencontro do técnico Dorival Júnior com o Atlético-GO. Na 13ª rodada do primeiro turno, substituindo Rogério Ceni, com o São Paulo em crise e na zona de rebaixamento, Dorival fez sua estreia no comando técnico do tricolor. A partida terminou empatada em 2 a 2.

No confronto dos reencontros, o volante André Castro do Atlético, e o goleiro Sidão do São Paulo, jogando juntos pelo Audax-SP, foram vice campeões do Paulistão 2016. Agora, em lados opostos, estarão frente a frente na batalha entre rubro-negros e tricolores.

O Atlético-GO, com 27 pontos, ainda com chances matemáticas de fuga do rebaixamento, chega para enfrentar o São Paulo como o segundo pior mandante da competição. Para continuar vivo, precisa de seis vitórias nos sete jogos que ainda restam para o fim do campeonato. Já o São Paulo, time que menos somou pontos como visitante, na 11ª colocação com 40, a cinco do Z-4, com mais duas vitórias estaria livre da série B do ano que vem.

Nestas condições, as duas equipes entram em campo na noite deste sábado (04), em Goiânia. A equipe comandada pelo técnico João Paulo Sanches terá três desfalques para encarar o São Paulo.

O lateral esquerdo Bruno Pacheco, que se recupera de uma lesão na clavícula, o volante Ronaldo, com desgaste muscular, e o meia Jorginho, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, são as baixas no Atlético-GO.

Bruno Pacheco apresentou uma situação mais grave. Com uma luxação na clavícula esquerda, o jogador fica fora não apenas do confronto desta noite, mas de todo o restante do campeonato Brasileiro.

O atleta aguarda apenas a liberação do Bragantino-SP, clube detentor de seus direitos federativos e econômicos, e que o emprestou ao Atlético-GO, para ser submetido a um procedimento cirúrgico. O prazo para a volta aos gramados está estipulado entre dois a três meses de recuperação. O lateral disputou 29 partidas das 31 que o Atlético-GO fez na série A.

 O São Paulo chega para enfrentar o Atlético-GO com apenas uma baixa em seu elenco principal. O lateral direito Éder Militão, que fica fora por motivo de lesão. O escolhido de Dorival Júnior para a vaga é o volante Arurana que, em outras oportunidades, já atuou improvisado na lateral direita.

Graças aos esforços da diretoria do tricolor que, junto a CBF – Confederação Brasileira de Futebol –, conseguiu alteração da data e horário do confronto, o peruano Christian Cueva também será presença certa na partida desta noite, no estádio Serra Dourada.

Após a partida contra o Atlético, Cueva embarca para o Peru, onde se apresenta a seleção peruana, visando os dois jogos da repescagem para a Copa da Rússia, contra a Nova Zelândia.

O São Paulo vem de duas vitórias consecutivas, contra Santos e Flamengo, e pode alcançar, pela primeira vez, neste brasileiro, a conclusão de uma trinca, que é a sequência de três vitórias na competição.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-GO x SÃO PAULO

Campeonato Brasileiro - 32ª rodada

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)

Horário: 19h (Brasília)

Árbitro: Bráulio da Silva Machado (SC)

Auxiliares: Kleber Lucio Gil (SC) e Neuza Inês Back (SC)

Atlético-GO: Marcos; Marcão Silva, Gilvan, William Alves e Breno Lopes; André Castro, Paulinho, Andrigo, Igor e Luiz Fernando; Walter. Técnico: João Paulo Sanches

São Paulo: Sidão; Araruna, Rodrigo Caio, Arboleda e Edimar; Jucilei, Petros, Hernanes, Marcos Guilherme e Cueva; Lucas Pratto. Técnico: Dorival Júnior. 

 

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA