Contrato de Marcos encerra em dezembro (Foto: Assessoria ACG)
renovar
O Atlético-GO terá que fazer o que ainda não fez neste Campeonato Brasileiro. Engrenar uma sequência de bons resultados nas últimas sete rodadas que ainda restam. Para os jogadores, apesar da dificuldade, o fato de acreditarem na permanência da equipe, na série A, não significa vender ilusão ao torcedor.

No entanto, o ano não foi apenas de pontos negativos. Apesar da fase ruim, e a grande probabilidade de rebaixamento, o Atlético-GO conseguiu apresentar, no Brasileiro, alguns destaques em seu elenco. Um deles é o goleiro Marcos, que chegou como terceiro reserva da posição, e há 10 rodadas é o titular absoluto.

Marcos, que vem fazendo ótimas atuações, tem sido peça fundamental do time de João Paulo Sanches. Na vitória por 1 a 0 sobre o Corinthians, em São Paulo, foi o herói da partida. Na oportunidade, com Kléver lesionado, e Felipe poupado para recuperação no departamento médico, o então terceiro goleiro do Atlético entrou em campo e não mais perdeu a titularidade.

Na última rodada, no empate por 1 a 1, em Salvador, o goleiro atleticano impediu que a equipe saísse do estádio Barradão derrotada pelo Vitória-BA. De forma elástica, na metade do segundo tempo, Marcos defendeu o pênalti cobrado pelo colombiano Santiago Tréllez, garantido o ponto fora de casa para o clube.

Antes de chegar ao rubro-negro goiano, o goleiro de 24 anos jogou pelo Mirassol, do interior de São Paulo e, desde que chegou ao Atlético-GO, tem se mostrado cada vez mais dono da camisa um da equipe.

No entanto, o contrato do goleiro tem apenas mais dois meses de validade. O vínculo com o clube de campinas vai até o fim desta temporada, e a diretoria do Atlético-GO já se mostrou posicionada para abrir diálogo sobre uma possível renovação.

“É bem provável. Ele está tendo oportunidade, está tendo sequência. É um jogador novo, que sabe que precisa de continuidade e que está crescendo a cada dia. Vamos fazer o possível para renovar, ele tem identificação e um ambiente favorável no clube” disse Adson Batista, diretor de futebol e vice-presidente do clube.

Marcos foi o primeiro a ser lembrado, mas outros nomes de jogadores do elenco atual foram pautados para renovação de contrato. O zagueiro Gilvan, o volante Paulinho e o lateral esquerdo Bruno Pacheco entram na lista de possíveis permanências para 2018.

O Atlético-GO segue se preparando para o confronto do próximo sábado (04), onde recebe o São Paulo, às 19h (de Brasília), no estádio Serra Dourada, em jogo válido pela 32ª rodada do Brasileiro.

Para encarar o Tricolor do Morumbi, o técnico João Paulo Sanches não poderá contar com o meia Jorginho, e o lateral Bruno Pacheco, que  segue como dúvida.

Os ingressos para a partida entre Atlético-GO e São Paulo custam R$100 cadeira e R$80 arquibancada, e estão sendo comercializados na Arena Antônio Accioly, no CCT – Centro de Concentração e Treinamento –, localizado no setor Urias Magalhães, em horário comercial, e no estádio Serra Dourada a partir de sexta-feira (03).

O torcedor que fizer duas apostas na “Timemania”, marcando o Atlético-GO como clube do coração, terá direito a meia entrada. 

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA