Madson, autor do cruzamento que originou o gol (Foto: Reprodução)
vasco
Muda o estádio, mas não muda a história. Jogando no Serra Dourada, o Atlético-GO chegou a sua nona derrota em casa, sendo a terceira seguida. E o pior, sem ver o adversário marcar um gol.

Na noite desta quarta-feira (18), no estádio Serra Dourada, o Atlético-GO recebeu o Vasco, pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro. A partida terminou com a vitória dos cariocas pelo placar de 1 a 0.

O curioso é que o Vasco venceu sem precisar chutar a bola para o fundo do gol de Marcos, goleiro rubro-negro. O zagueiro Eduardo Bauermann, e o lateral direito Jonathan, se encarregaram disso. Depois da jogada pela direita, onde Nenê encontrou o lateral Madson no costado da zaga atleticana, saiu o gol bizarro do jogo.

O lateral cruzou para o meio da pequena área. O zagueiro Eduardo Bauerman acompanhou o traçado da bola e, no primeiro momento, ao invés de afastar, esperou que ela atravessasse a extensão de toda a pequena área, para chutar nas pernas do lateral direito Jonathan. A bola foi parar no fundo da rede, onde o goleiro atleticano não teve fazer. O árbitro assinalou gol contra de Jonathan.

O Atlético até tentou emplacar uma reação, mas pecava no último passe. O mais próximo que chegou do empate, foi quando Luis Fernando bateu de fora da área, obrigando Martin Silva a se jogar para o canto esquerdo e praticar uma ótima defesa.

No segundo tempo, já sem força de reação, o Atlético assistiu o Vasco administrar a vitória, e os três pontos que o impulsionou para mais próximo de seu objetivo, que é o Z-6, na busca pela vaga na Taça Libertadores da América.

Enquanto o Atlético viu ficar ainda mais longe a missão de se livrar da lanterna do campeonato, já que o Coritiba, que venceu o Cruzeiro, em casa, por 1 a 0, e abriu cinco pontos de vantagem na tabela de classificação.

Na próxima rodada, ainda sem poder receber sua torcida em São Januário, o Vasco encara o Coritiba, no Maracanã. Depois, no dia 28 deste mês, faz o clássico contra o Flamengo, no estádio Luso Brasileiro.

O Atlético terá uma sequência indigesta para os próximos jogos. Enfrenta o Santos na Vila Belmiro, e depois vai a Salvador, onde enfrenta o Vitória no estádio Manoel Barradas, o Barradão.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-GO 0X1 VASCO DA GAMA

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)

Data: 18 de outubro de 2018 (Quarta-feira)

Horário: 19h30(de Brasília)

 

Árbitro: Claudio Francisco Lima e Silva (SE)

Assistentes: Cleriston Clay Barreto Rios (SE) e Fabio Pereira (TO)

Renda: R$174.000,00

Público Presente: 9.046

Cartões Amarelos: André Castro (ATL), Andrigo (ATL), Bruno Paulista (VAS), Yago Pikachu (VAS)

Cartão Vermelho: Vitinho (ATL)

Gol: Jonathan, contra (VAS)

ATLÉTICO: Marcos; Jonathan, Gilvan, Eduardo Bauermann e Bruno Pacheco; Ronaldo (André Castro), Paulinho (Niltinho), Andrigo (Diego Rosa), Jorginho e Luiz Fernando; Walter (Alison).

Técnico: João Paulo Sanches

VASCO: Martín Silva, Madson, Anderson Martins (Paulão), Breno e Ramon; Bruno Paulista (Andrey), Wellington, Mateus Vital (Paulo Vitor), Nenê e Yago Pikachu; Andrés Rios.

Técnico: Zé Ricardo

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA