Torcida rubro-negra lotando Serra Dourada (Foto: assessoria ACG)
aa
O Atlético-GO volta a campo, na noite desta quarta-feira (18), para enfrentar o Vasco da Gama, às 19h30, no estádio Serra Dourada, pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro da série A, com o objetivo principal de deixar a última colocação da tabela de classificação.

Para isso, precisa vencer o Vasco, e ainda contar com a derrota do Coritiba, que recebe o Cruzeiro, no estádio Couto Pereira. Na lanterna do campeonato com 26 pontos, o Atlético vê o adversário, que ocupa a 8ª colocação com 39, chegar a Goiânia focado pela vaga na Taça Libertadores da América.

Em busca dos três pontos, o detalhe é que, jogando em casa, os números não são nada agradáveis para o Atlético. Pela campanha deste ano, o clube chegou à condição de mandante que não manda. Os números comprovam isso.

Atuando em Goiânia, foram 14 jogos, sendo oito derrotas, três empates e apenas três vitórias. Neste Brasileiro, já são 14 jogos sob o comando do técnico João Paulo Sanches. O jovem comandante foi responsável por conquistar seis das sete vitórias do Atlético nesta série A.

Segundo os cálculos atleticanos, o clube precisa de 60% de aproveitamento nos 10 jogos que ainda restam. Sabendo da dificuldade, vencer o Vasco seria um grande passo para alcançar o objetivo.

“É mais uma decisão. Com certeza, esse não resultado contra o Palmeiras torna a partida do Vasco muito mais importante, e assim uma obrigação de retomada de rendimento. Um jogo muito abaixo, e nós estamos muito cientes de que esse jogo não pode se repetir. Então, vamos procurar fazer tudo àquilo que não fizemos, aquilo que fizemos de errado, para que não possa acontecer de novo, de maneira nenhuma, porque nós estamos no ‘fio da navalha’ cada vez mais”, disse o técnico do Atlético.

Para enfrentar o Vasco, o Atlético não poderá contar com o zagueiro Willian Alves, expulso na derrota por 3 a 0 para o Palmeiras, na última rodada. Eduardo Bauermann deve entrar em seu lugar. O volante Ronaldo, com desgaste físico, não participou da última atividade e é dúvida. André Castro treinou na vaga de titular.

O provável Atlético para ir a campo contra o Gigante da Colina com: Marcos; Jonathan, Eduardo Bauermann, Gilvan e Bruno Pacheco. Ronaldo (André Castro), Paulinho, Jorginho, Andrigo e Luis Fernando; Walter.

O Vasco chega a Goiânia em ascensão no campeonato Brasileiro. Vem de vitória por 1 a 0, no clássico contra o Botafogo-RJ, na última rodada, e há quatro jogos não sabe o que é ser derrotado. O técnico Zé Ricardo não poderá contar com dois de seus jogadores titulares. O volante Jean, que recebeu o terceiro cartão amarelo, e o meia Vagner, que está lesionado. Bruno Paulista está cotado para a vaga de Jean, enquanto Yago Pikachu deve ser o substituto de Wágner.

Zé Ricardo deve mandar o Vasco a campo com Martín Silva, Madson, Anderson Martins, Breno e Ramon; Bruno Paulista, Wellington, Mateus Vital, Nenê e Yago Pikachu; Andrés Rios. Luis Fabiano, recuperado de lesão, pode surgir como novidade no banco de reservas.

Os ingressos para Atlético-GO e Vasco estão sendo comercializados a R$40 arquibancada, R$60 cadeira, e podem ser encontrados nas bilheterias do estádio Antônio Accioly e no CT do Urias Magalhães. Torcedor que fizer duas apostas na “Timemania”, marcando o Atlético como clube do coração, terá direito a meia entrada.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-GO X VASCO DA GAMA

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)

Data: 18 de outubro de 2018 (Quarta-feira)

Horário: 19h30(de Brasília)

 

Árbitro: Claudio Francisco Lima e Silva (SE)

Assistentes: Cleriston Clay Barreto Rios (SE) e Fabio Pereira (TO)

 

ATLÉTICO: Marcos, Jonathan, Gilvan, Eduardo Bauermann e Bruno Pacheco; Ronaldo (André Castro), Paulinho, Andrigo, Jorginho e Luiz Fernando; Walter

Técnico: João Paulo Sanches

VASCO: Martín Silva, Madson, Anderson Martins, Breno e Ramon; Bruno Paulista, Wellington, Mateus Vital, Nenê e Wágner; Andrés Rios (Luis Fabiano)

Técnico: Zé Ricardo

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA