logomarcadiariodegoias2017

Ovos foram atirados no ônibus do Atlético. (Foto: Rondinelli Dantas - Rádio 730)
ovos e pedras

Cerca de 15 torcedores do Atlético Clube Goianiense acompanharam na noite desta quinta-feira (8), o desembarque da delegação do Dragão no retorno de Teresina-PI, após a eliminação da equipe na 1ª Fase da Copa do Brasil para o Altos-PI.

De acordo com relato do repórter Rondinelli Dantas (Rádio 730), a revolta era grande por parte dos rubro negros que agrediram verbalmente os jogadores no saguão do Aeroporto Santa Genoveva. Ovos foram atirados contra alguns atletas e no ônibus do clube. Gritos pedindo raça e respeito a camisa atleticana também foram entoados pelos torcedores.

Uma pessoa atirou um ovo no lateral Bruno Santos, que irritado, trocou socos e empurrões, até ser contido pelo segurança do clube. O diretor de futebol do Atlético, Adson Batista, que presenciou a confusão, disse estar indignado com a atitude dos torcedores.

"Essa moda de bater em jogador não existe. Isso é um absurdo e uma falta de respeito. Estragaram o ônibus, jogando ovos e pedras, estragando um patrimônio que compramos com tanta dificuldade. Agrediram o Bruno Santos jogando ovo na cara do jogador. Lamentável a postura dos torcedores."

A primeira oportunidade do Atlético para deixar a crise, será no confronto diante do Itumbiara que acontece neste sábado (10), as 16h30, pelo Campeonato Goiano. A partida anteriormente marcada para o Estádio Olímpico, foi transferida para o Antônio Accioly. Não está confirmada a presença de torcedores, já que para isso é necessário a apresentação dos laudos de Engenharia e Vigilância Sanitária. O Atlético trabalha contra o tempo para conseguir essas liberações na manhã desta sexta-feira (9). 

 

 

Sugestões e críticas, mande um Zap para a Redação

whatsapp 512

62 9 9820-8895

SEARCH