logomarcadiariodegoias2017

Elenco do Vasco no Chile. (Foto: Carlos Gregório - Site Vasco)
vasco chile

PAULO BATISTELLA
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Vasco passou seis anos distante da Taça Libertadores, mas reencontrou a competição rejuvenescido.

Os titulares que estream no torneio nesta quarta-feira (31), às 21h45 (de Brasília), em duelo contra a Universidad de Concepción, no Chile, têm média de idade de 25,6 anos -em 2012, o time orquestrado por Juninho Pernambucano, que deu pontapé inicial contra o Nacional, do Uruguai, tinha 28,5.

Os camisas 10 dos dois períodos sintetizam a mudança no Vasco. Juninho, na época, tinha 38 anos -com currículo cheio de títulos e passagens pela seleção brasileira. Quem herdou o número e a batuta no meio-campo agora é Evander, de 19.

"Será minha primeira Libertadores, no clube que eu torço desde pequeno. Eu amo esse clube e poder estar participando agora é um sonho de criança", disse o meia vindo da base.

Evander não é o mais novo do atual grupo vascaíno. O atacante Paulinho, que será titular, tem 17. O zagueiro Ricardo Graça é outro garoto, de 20 anos.

No time estreante do Vasco na competição em 2012, o jogador mais jovem era o lateral direito Max, de 21. Agora, quem atua por este lado do campo é Yago Pikachu, um pouco mais velho, 25, mas que nunca jogou um torneio internacional.

"Assim como eu, a maioria do grupo nunca disputou essa competição. Tentamos conversar com os mais experientes, para saber como é o clima", disse Pikachu.

A inexperiência preocupa, mas não é de todo mal, já que se aproxima do Vasco campeão de 1998 -do qual Juninho Pernambucano, então com 23 anos, também fazia parte.

Os titulares vascaínos da finalíssima contra o Barcelona de Guayaquil, do Equador, tinham média de idade de 26,3 anos. Felipe, 20, Pedrinho, 21, e Luizão, 22, eram os outros meninos da época. O jogador mais cascudo era o capitão Mauro Galvão, de 36.

A missão de compartilhar experiências agora fica para o goleiro Martín Silva, 34, o meia Wagner, 33, e o zagueiro Erazo, de 29 anos.

"O Vasco possui muitos meninos que são bons de bola, casos do Evander, do Paulinho e do Ricardo. São jogadores que estão mostrando muita personalidade nos jogos. Estamos passando para eles que num jogo de Libertadores, normalmente, o juiz não apita muitas faltas e deixa o jogo correr", disse o equatoriano Erazo.

Entre garotos e rodados, o Vasco inicia o torneio com a seguinte formação: Martín Silva; Yago Pikachu, Erazo, Ricardo e Henrique; Wellington, Desabato, Wagner e Evander; Paulinho e Andrés Ríos.

O duelo no estádio Collao será válido pela ida da segunda fase. Na próxima quarta-feira (7), os dois times jogam o returno em São Januário.

Para chegar à fase de grupos, os garotos do Vasco ainda precisarão passar pela terceira fase da pré-Libertadores.

Estádio: Collao, em Concepción (CHI)
Horário: 21h45 (de Brasília) desta quarta-feira
Juiz: Leodán González (URU)

Sugestões e críticas, mande um Zap para a Redação

whatsapp 512

62 9 9820-8895

SEARCH