logomarcadiariodegoias2017

Eduardo Sasha - Santos. (Foto: Ivan Storti/SantosFC)
sasha ponte

Com gols do atacantes Eduardo Sasha e Rodrygo, que entraram durante a etapa complementar, o Santos venceu a Ponte Preta por 2 a 1, de virada, nesta quinta-feira (25), no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, pela terceira rodada do Campeonato Paulista.

Com o resultado, a equipe santista se reabilitou na competição. Após estrear com vitória sobre o Linense fora de casa, o time alvinegro havia perdido na última rodada para o Bragantino na Vila Belmiro.

Com os dois triunfos conquistados até agora na competição, o Santos é o líder do Grupo D, com seis pontos.

Agora, a clube da Vila Belmiro volta a campo no domingo (28), quando recebe o Ituano, às 19h30, na Vila Belmiro. Uma semana depois, a equipe fará seu primeiro clássico na temporada -enfrentará o Palmeiras.

O JOGO

No duelo contra a Ponte Preta, o treinador Jair Ventura poupou o volante Renato e escalou Matheus Jesus. A outra alteração na equipe titular foi a entrada do lateral Cajú na vaga de Romário, um dos três reforços contratados pelo clube para a temporada -os outros foram os atacantes Sasha e o Gabriel, anunciado nesta quinta-feira (25).

No primeiro tempo, o Santos encontrou dificuldades para armar as jogadas. Um dos motivos foi o bom posicionamento defensivo da Ponte Preta, que conseguiu abrir o placar logo no início do jogo. Aos 8 minutos, Felippe Cardoso arrancou da intermediária, passou por dois marcadores e cruzou para Léo Artur finalizar no canto.

Apesar do domínio territorial, o time da Baixada Santista só ameaçou aos 26 minutos, quando Arthur Gomes cruzou na cabeça de Luiz Felipe que, livre, mandou para fora.

No segundo tempo, Jair Ventura alterou o posicionamento dos atacantes Copete e Arthur Gomes. O primeiro passou a jogar do lado esquerdo do campo, enquanto o segundo foi para a direita.

O treinador santista também fez duas alterações. Ele promoveu a entrada do meia Jean Mota na vaga de Matheus Jesus e de Eduardo Sasha no lugar de Rodrigão, que pouco fez.

Com mais mobilidade, a equipe começou a criar chances e conseguiu empatar aos 28 minutos. Após cruzamento da esquerda, o ex-jogador do Internacional se antecipou aos zagueiros e deixou tudo igual.

O Santos continuou melhor e perdeu oportunidade de virar o marcador com Copete e Arthur Gomes, que foi substituído aos 33 minutos para a entrada de Rodrygo.
E o atacante marcou o gol da vitória nos acréscimos. Ele recebeu na esquerda, cortou para o meio e finalizou no canto para definir a partida.

PONTE PRETA

Ivan; Emerson, Renan Fonseca, Luan Peres e Jeferson; Marciel (Ronaldo), Tiago Real e Léo Artur; Silvinho (Marquinhos), Felipe Saraiva e Felippe Cardoso. T.: Eduardo Baptista

SANTOS

Vanderlei, Victor Ferraz, Luiz Felipe, David Braz e Caju; Alison, Matheus Jesus (Jean Mota) e Vecchio; Arthur Gomes (Rodrygo), Copete e Rodrigão (Eduardo Sasha). T.: Jair Ventura

Estádio: Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)

Juiz: Flavio Rodrigues de Souza

Cartões amarelos: Renan Fonseca, Jeferson, Marciel, Ronaldo e Tiago Real (PON); Copete, Vecchio e David Braz (SAN)

Gols: Léo Arthur (PON), aos 8min do primeiro tempo, Sasha (SAN), aos 28 min do segundo tempo e Rodrygo (SAN), aos 46 min do segundo tempo

Sugestões e críticas, mande um Zap para a Redação

whatsapp 512

62 9 9820-8895

SEARCH