logomarcadiariodegoias2017

Atacante Dudu. (Foto: César Greco - Palmeiras)
dudu palmeiras

DANILO LAVIERI
SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Os chineses ainda sonham com Dudu. Depois de ouvir um não atrás do outro do Palmeiras desde o ano passado, o Changchun Yatai pensa em aumentar a proposta para contar com o camisa 7. A última recusa foi a uma oferta de 13 milhões de euros (R$ 51 milhões), mais do que o dobro dos 6 milhões euros pagos por 100% dos direitos dele.

O atacante gostou da última proposta salarial: 4 milhões de euros por ano, o que significa quase R$ 16 milhões. Os vencimentos dele praticamente quadruplicariam se comparados aos atuais. Seria mais de R$ 1,3 milhão por mês, que ainda aumentaria com luvas e premiações.

O Changchun Yatai não manteve contato nos últimos dias com o Palmeiras, mas todos -inclusive do estafe do atleta- apostam em uma nova investida ainda mais tentadora.

O plano do Alviverde é manter Dudu. Ele tem se consolidado como referência e ídolo no Palmeiras desde a escolha de Cuca em dar a ele a braçadeira de capitão. Tudo isso potencializou a simpatia que a torcida já nutria por ele desde a chegada.

Na ocasião, o jogador foi resultado de um "chapéu" aplicado nos bastidores em cima de Corinthians e São Paulo. Em um dérbi no Pacaembu, inclusive, ele comemorou lembrando da polêmica usando o boné de um jornalista.

De lá para cá, Dudu ganhou simpatia pela sua vontade e eficiência, especialmente em clássicos. Ele foi campeão da Copa do Brasil, do Brasileirão e convocado para a seleção brasileira. Houve até mesmo quem o comparasse a Edmundo, pelo temperamento e pela coincidência no número que os dois usam no clube.

O jogador também demonstra bastante carinho com o Palmeiras. Nas redes sociais, gosta de sempre exibir seus filhos vestidos com as cores do clube. Nas horas vagas, também posta vídeos para mostrar que está acompanhando as categorias de base.

Não é à toa que Alexandre Mattos declarou em sua última entrevista que faria tudo o que pudesse para manter o jogador no elenco de Roger Machado.

Sugestões e críticas, mande um Zap para a Redação

whatsapp 512

62 9 9820-8895

SEARCH