logomarcadiariodegoias2017

Foto: Site Internacional
novo hamburgo

Os zagueiros se mostraram decisivos em mais uma vitória do Internacional no Campeonato Gaúcho. Neste domingo (21), a equipe colorada derrotou o Novo Hamburgo, fora de casa, por 3 a 0, com Thales e Danilo Silva marcando os primeiros gols. O uruguaio Nico López fechou a conta do jogo válido pela segunda rodada -na estreia o Inter bateu o Veranópolis no Beira-Rio.

O Inter foi melhor que o Novo Hamburgo. Mesmo com apenas um titular desde o início, o time de Odair Hellmann controlou a partida em terreno inimigo e chegou a 6 pontos. O 100% do Colorado é exatamente o oposto da campanha do Novo Hamburgo, que é o atual campeão gaúcho. A equipe perdeu a segunda seguida e de novo por 3 a 0.

No reencontro entre os finalistas de 2017, o 'Noia' se mostrou muito frágil (especialmente na defesa), e o Colorado usou time reserva.

Com um time todo diferente em campo, o Inter deixou de lado algumas ideias executadas na estreia. É bem verdade que o gramado pesado, em virtude da chuva, influenciou o estilo do duelo. Mas, mesmo sem entrosamento e com princípios diferentes, o Colorado jogou bem.

Foi melhor que o Novo Hamburgo e saiu na frente. O gol do zagueiro Thales, de cabeça após escanteio cobrado por Nico López, aos 18min do primeiro tempo, pode ser um resumo da partida. Muita força, bola aérea e vitória de quem conseguiu tirar proveito disso.

Pelo chão, os dois times criaram pouco e, na comparação, o Inter também foi melhor, com duas chances contra nenhuma do 'Noia'. Na etapa final, os donos da casa aumentaram o volume e chegaram a empilhar escanteios. Rondaram a área de Danilo Fernandes, mas sem pontaria suficiente para empatar. O placar foi definido cedo.

Danilo Silva imitou Thales, apareceu bem na área e marcou o segundo do Inter de cabeça, aos 29min. Uma jogada muito parecida com aquela que abriu o placar.

Aos 34min, exatos cinco minutos depois do segundo gol de zagueiro, Nico López deixou a marca dos atacantes. Destaque no lance para a extrema facilidade do Colorado em trocar passes e avançar com a bola nos pés por quase todo o campo.

Nico Lopez foi, inclusive, outro dos destaques colorados. Escalado logo atrás do centroavante Roger, estreante da tarde, ele teve bom desempenho. Atacando a zaga de frente, o uruguaio deu uma assistência e marcou o terceiro gol do confronto. Livre, ele completou de cabeça ao infiltrar na área.

NOVO HAMBURGO

Max; Lito, Talis, Júlio Santos, Assis; Tiago Ott, Diogo Oliveira, Conrado (Jean Silva), Juninho, Branquinho (Henrique); Edson Reis (Flávio Torres). T.: Beto Campos

INTERNACIONAL

Danilo Fernandes; Ruan, Danilo Silva, Thales, Iago; Charles, Gabriel Dias, Marcinho (William Pottker), Nico López, Patrick (Edenilson); Roger (Juan). T.: Odair Hellmann

Estádio: Estádio do Vale, em Novo Hamburgo (RS)

Juiz: Anderson Farias

Cartões amarelos: Lito, Branquinho, Assis (Novo Hamburgo); Charles, Iago (Inter)

Gols: Thales, aos 17 minutos do primeiro tempo (INT); Danilo Silva, aos 23 minutos do segundo tempo (INT); Nico López, aos 34 minutos do segundo tempo (INT)

Sugestões e críticas, mande um Zap para a Redação

whatsapp 512

62 9 9820-8895

SEARCH