logomarcadiariodegoias2017

Bia Haddad. (Foto: Divulgação Austrália Open)
bia australia

Depois de uma estreia vitoriosa que colocou fim a um jejum de 53 anos do Brasil sem vitórias na chave feminina de simples do Aberto da Austrália, Beatriz Haddad Maia não ofereceu resistência para a tcheca Karolina Pliskova, número seis do mundo, e foi eliminada na segunda rodada em Melbourne, nesta quinta-feira (18).

Cometendo muitos erros -16 não forçados ao longo da partida-, a brasileira foi dominada desde o início e conseguiu anotar apenas dois games na derrota por sets diretos, com um duplo 6/1, em apenas 44 minutos de jogo.

Bia Haddad perdeu os 10 primeiros pontos do duelo e viu a adversária abrir 4 a 0 após duas quebras de saques no primeiro set. No segundo, a vantagem da tcheca chegou a ficar em 5 a 0, antes de a brasileira conseguir ganhar mais um game.

Esta foi a quarta derrota seguida da brasileira contra tenistas top-10, sendo em 2017 ela foi derrotada para Simona Halep, Garbiñe Muguruza e Jelena Ostapenko.

Eliminada na simples, Bia Haddad ainda permanece na disputa de duplas ao lado da romena Sorana Cirstea. Elas enfrentarão nesta sexta-feira (19) a polonesa Alicja Rosolska e a norte-americana Abigail Spears.

Já Pliskova enfrentará na terceira rodada a compatriota Lucie Safarova, que bateu a romena Sorana Cirstea por 2 sets a 0, parciais de 6/2 e 6/4.

Na chave de simples masculina, o Brasil também não tem mais representantes, já que Rogerinho Dutra Silva foi eliminado na estreia pelo australiano Nick Kyrgios.

Nas duplas masculina, o Brasil segue representado em duas parcerias: Ao lado do britânico Jamie Murray, Bruno Soares está na segunda rodada, assim como a dupla formada pelo brasileiro Marcelo Melo e o polonês Lukasz Kubot.

A dupla de Melo não teve muitas dificuldades para vencer Paolo Lorenzi e Misha Zverev. Um duplo 6/2 definiu a vitória por 2 sets a 0 na madrugada desta quinta-feira.

O jogo durou apenas 51 minutos; na sequência do torneio, os dois enfrentarão os vencedores da partida entre os russos Mikhail Elgin/Andrey Rubler e os australianos Max Purcell e Luke Saville.

Melo e Kubot lideram o ranking de duplas do ATP e são os atuais campeões de Wimbledon. Enquanto o brasileiro tenta o título inédito em Melbourne, o polonês já tem dois troféus em seu histórico.

Já o brasileiro Marcelo Demoliner, que joga ao lado do filipino Treat Huey, foi eliminado na estreia pela dupla Marcin Matkowski (POL)/Aisam Qureshi (PAQ), que venceu por 2 sets a 0, parciais de 7/6 (8-6) e 6/4).

Sugestões e críticas, mande um Zap para a Redação

whatsapp 512

62 9 9820-8895

SEARCH