logomarcadiariodegoias2017

giba e raquel teixeira

O governo de Goiás por meio da Secretaria de Educação, Cultura e Esporte (Seduce Goiás) lançou em parceria com o time de vôlei MonteCristo e o ex-atleta da Seleção brasileira de vôlei, Giba, o projeto Gibinha. A iniciativa, que já é executada nos estados do Paraná e em São Paulo, atenderá 200 crianças em situação de vulnerabilidade social.

Veja o vídeo do lançamento:

O MonteCristo já atende 80 crianças no projeto social do clube, que existe há 10 anos, e com o Gibinha serão abertas outras 120 vagas. O projeto tem como foco bons hábitos alimentares, o combate da obesidade infantil por meio da atividade física, além da formação de cidadãos, com desenvolvimento de ações de combate às drogas, a marginalidade e a ociosidade das crianças.

O projeto atenderá crianças de 6 a 15 anos, alunos da rede pública, de escolas tanto municipais, como estaduais, que devem ser sorteados. As aulas serão ministradas no Centro de Treinamento do MonteCristo, localizado no Setor Cidade Jardim.

De acordo com a titular da Seduce, Raquel Teixeira, o projeto extrapola as questões políticas e usa o esporte como ferramenta de transformação de vidas. O investimento inicial da secretaria para o primeiro semestre do Gibinha foi de R$ 240 mil.

O presidente do MonteCristo, Paulo Martins, afirmou que a questão da vulnerabilidade sempre foi uma preocupação do clube, que, segundo ele, tendo uma referência olímpica como o Giba, fará ainda mais diferença na vida das crianças. “A questão da vulnerabilidade social sempre foi uma luta do nosso projeto social. Buscamos transformar vidas através do esporte, e temos conseguido fazer a diferença nesse cenário”, disse ele.

Já o ex-jogador Giba afirmou que se preocupa muito com a parte social do projeto. “Em um milhão de crianças, deve sair um Giba, e o resto? Eu me preocupo com eles”. “O voleibol acaba sendo uma das atividades dentre várias, o mais importante é criar o cidadão. Chamamos também os pais, pois buscamos uma readequação alimentar da família”, ressaltou o ex-ponteiro.

Sugestões e críticas, mande um Zap para a Redação

whatsapp 512

62 9 9820-8895

+ SAIBA MAIS, PESQUISE NO DG

BUSCA