logomarcadiariodegoias2017

Foto: Divulgação Barcelona
assinatura barcelona

Philippe Coutinho foi apresentado pelo Barcelona nesta segunda-feira (8) pelo presidente Josep Maria Bartomeu. Pouco antes, o jogador passou por uma bateria de exames médicos, nos quais uma lesão foi constatada e também fez um tour pelas dependências do novo clube.

"Queria agradecer o esforço e paciência de todos que ajudaram nesse processo de vinda ao Barcelona. Estou muito feliz por estar aqui, como já disse, era meu sonho. e espero atingir todas as expectativas", declarou Philippe Coutinho

O presidente do Barcelona também exaltou o esforço de ambas as partes para realizar essa transferência.

"É um dos melhores jogadores do mundo e estamos muito felizes. Coutinho veio cercado por sua família, o que mostra ainda mais o quanto todos desejam isso. Queria agradecê-lo pela determinação. Não foi fácil, teve muito trabalho envolvido", falou Bartomeu.

Segundo apuração do UOL Esporte, o negócio foi fechado por 160 milhões de euros (R$ 620 milhões), sendo 120 milhões pagos à vista e outros 40 milhões dependendo de metas estipuladas em contrato. O jogador ainda abriu mão de 10 milhões de euros que seriam pagos a ele pelo Liverpool como bonificação para fechar o negócio. O contrato de cinco temporadas e meia foi assinado na manhã desta segunda-feira (8).

Coutinho, 25 anos, era objeto antigo de desejo do Barcelona. O meia já ficou próximo do time espanhol na última janela de transferências, mas o negócio acabou não sendo fechado. Agora, porém, a insistência do atleta e a nova investida financeira do Barça mudaram a situação.

O atleta teve sua primeira entrevista como jogador do Barcelona publicada pelo jornal britânico "Daily Mail", que desde a noite da última quinta-feira teve acesso ao jogador e seu estafe para acompanhar os últimos momentos da transferência

Ao longo da conversa com o jornalista da publicação, Coutinho disse que o desejo para jogar no Barcelona é antigo e vem desde os tempos de Ronaldinho. Hoje, ele disse que quer jogar ao lado do "melhor jogador do mundo" e que a decisão de deixar o Liverpool nada teve a ver com dinheiro.

"Não se trata de dinheiro. É sobre a chance de jogar para Barcelona, de morar em Barcelona. Quando eu era jovem, eu assistia o Ronaldinho jogar, eu via ele oferecer sua magia. Agora eles têm o Messi fazendo o mesmo", disse.

Sugestões e críticas, mande um Zap para a Redação

whatsapp 512

62 9 9820-8895

+ SAIBA MAIS, PESQUISE NO DG

BUSCA