logomarcadiariodegoias2017

Foto: Bruno Cantini - Atlético Mineiro
ricardo apresentacao

VICTOR MARTINS
BELO HORIZONTE, MG (UOL/FOLHAPRESS) - Apresentado pelo Atlético-MG como o principal reforço do clube até o momento, o atacante Ricardo Oliveira, de 37 anos, assinou contrato por duas temporadas. Na primeira entrevista coletiva como jogador atleticano, o centroavante destacou que o desafio de fazer o Atlético voltar a ser campeão foi a grande motivação que encontrou para deixar o Santos e assinar com o clube mineiro. E logo na primeira resposta, Ricardo Oliveira revelou duas negociações frustradas que impediram sua chegada ao Atlético em anos anteriores.

"Acredito que as coisas não acontecem por acaso. O Alexandre Kalil tentou me trazer para o Atlético quando estava surgindo na Portuguesa, em 2001. Em 2014 estava conversando com o falecido Eduardo Maluf. Já é um namoro de muitos anos. Com o término do meu contrato com o Santos, recebi este convite do Gallo e do presidente Sérgio. Passei para a minha família. Entendi que era um momento de mudança, que gera esperança. Gosto de desafios. E sei dos desafios que vou ter no Atlético", comentou o novo dono da camisa 9 alvinegra.

De acordo com Ricardo Oliveira, não foi lado financeiro que pesou na escolha pelo Atlético. O centroavante destacou mais de uma vez que o desafio que vai encontrar em Minas Gerais é sua grande motivação para a temporada 2018.

"Tive muitas propostas. Coloquei na balança e avaliei não só momento financeiro, mas pessoal e projetos. Fiquei satisfeito com o acordo, mas mais com a oportunidade de vestir a camisa do Galo".

CONVERSA

Logo no primeiro dia de Atlético, Ricardo Oliveira encontrou alguns torcedores protestando na entrada da Cidade do Galo. Na visão do atacante, o ato foi muito mais um incentivo do que uma cobrança. O novo camisa 9 do Galo contou que conversou com os torcedores e ficou satisfeito com o que escutou.

"A história do Atlético é isso. É normal que o torcedor vá exigir isso. Conversei com os torcedores, me desejaram sorte e prometeram apoio. Eles falaram que vão fazer isso. Nós, dentro de campo, temos que dar o resultado que eles esperam", disse que Ricardo Oliveira, que não ficou surpreso com a iniciativa dos torcedores.

"Pela grandeza do Atlético, não me surpreendeu. É normal que o torcedor venha e manifeste o apoio dessa maneira. Não vejo a cobrança exagerada, vejo apoio de uma torcida que quer ver o Atlético ganhando grandes conquistas. Foi pacífico, mais de apoio que de cobrança".

Sugestões e críticas, mande um Zap para a Redação

whatsapp 512

62 9 9820-8895

+ SAIBA MAIS, PESQUISE NO DG

BUSCA