logomarcadiariodegoias2017

Foto: Divulgação
video arbitro

LEO BURLÀ E PEDRO IVO ALMEIDA
RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS) - A Ferj (Federação Estadual do Rio de Janeiro) confirmou nesta quinta-feira (4) que implementará em caráter de teste o árbitro de vídeo (VAR) em dez jogos do Campeonato Carioca. Desta forma, não haverá correção de eventuais erros da arbitragem, com a tecnologia sendo testada apenas para aprendizagem.

O plano é que o dispositivo seja utilizado nas fases finais da Taça Guanabara e Taça Rio e nas decisões que decidirão o campeão carioca de 2018. Ao todo, serão 10 partidas com a tecnologia.

"Mais vale uma despesa pequena do que um gol decisivo que seja um equívoco", disse Rubens Lopes, presidente da Ferj.

O custo do investimento previsto pela federação carioca é de R$ 80 mil. Um projeto apresentado pelo deputado Samuel Malafaia previa a obrigatoriedade do árbitro de vídeo em todos os jogos do campeonato, mas foi vetado pelo governador Luiz Fernando Pezão.

Sugestões e críticas, mande um Zap para a Redação

whatsapp 512

62 9 9820-8895

+ SAIBA MAIS, PESQUISE NO DG

BUSCA