jogos inverno

A Rússia foi banida pelo COI (Comitê Olímpico Internacional) de participar dos Jogos Olímpicos de Inverno PyeongChang, na Coreia do Sul, entre os dias 9 e 25 de fevereiro de 2018.

O banimento é resposta ao escândalo de doping em que o país está envolvido ao longo dos últimos anos.

Será a primeira vez na história que um país é proibido de participar de uma Olimpíada, seja ela de verão ou de inverno, por causa de doping. Isso acontece apenas quatro anos após a Rússia sediar os Jogos em Sochi.

Apesar do banimento total ao Comitê Olímpico Russo, os atletas do país poderão competir nos Jogos em competições individuais ou de equipes. Esses participantes atuarão sob o nome de Atleta Olímpico da Rússia e a bandeira olímpica. Em caso de vitória, será executado o hino olímpico na cerimônia de pódio.

Para ter a participação autorizada pelo COI, os atletas russos precisarão provar que não estão envolvidos no escândalo de doping e passam por testes regularmente.

Outra medida anunciada nesta terça-feira (5) pelo COI é a proibição de Vitali Mutko, ex-ministro do Esporte e atualmente vice, de estar presente em qualquer Olimpíada a partir de agora. Ele é presidente do comitê organizador da Copa de 2018.

Alexander Zhukov, presidente do comitê olímpico russo, foi suspenso como membro do COI.

A decisão tomada agora pelo COI é muito mais dura do que a tomada antes dos Jogos Olímpicos do Rio, em 2016. Naquela ocasião, o órgão permitiu a participação de atletas russos sob a bandeira do país desde que provassem que estavam limpos.

Da lista inicial de 389 atletas inscritos pelo Comitê Olímpico Russo, 278 foram liberados pelo COI.

No atletismo, o país teve apenas uma representante: Daria Klishina. Ela foi liberada pela Associação das Federações Internacionais de Atletismo (Iaaf), que alguns meses antes havia suspendido a federação russa.

O Comitê Paraolímpico Internacional (IPC, na sigla em inglês) foi mais duro na época da Rio-2016 e, como faz agora o COI, proibiu a participação do país.

Por causa do escândalo, a Rússia já teve 11 medalhas da Olimpíada de Sochi-2014 cassadas, quatro ouros, seis pratas e um bronze.

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA