(Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net)
armario lugano

Como não poderia deixar de ser, Lugano se emocionou na hora de se despedir do São Paulo.

No sábado (2), antes da concentração para a sua última partida com a camisa do clube tricolor, o zagueiro uruguaio esvaziou o seu armário no vestiário do CT da Barra Funda. O defensor recolheu os seus pertences, sentou e durante alguns minutos ficou pensativo no local onde tantas vezes se preparou para defender o time do Morumbi.

"Foi difícil dormir essa noite, difícil concentrar. Impressionante o carinho que recebi da torcida e de todos envolvidos com o clube. Guardarei com carinho todos os momentos que vivi no São Paulo. Foi tão intenso o que vivi aqui", disse o camisa 5.

Campeão da Copa Libertadores e do Mundial de 2005, Lugano disputou 213 jogos pelo São Paulo, sendo 195 como titular. Neste período, somando as duas passagens, foram 110 vitórias, 51 empates e 52 derrotas.

A vitoriosa trajetória do zagueiro pelo clube contou com as memoráveis conquistas da Libertadores e do Mundial, ambos em 2005, além do Campeonato Paulista (2005), do Campeonato Brasileiro (2006) e da Florida Cup (2017).

"Não sei se consegui deixar a marca que sempre sonhei. A pergunta deve ser feita ao entorno do São Paulo. Sigo com paz interior, tranquilidade e alegria por ter dado tudo o que podia ao São Paulo, por ter recebido coisas do clube que nunca sonhei, principalmente das pessoas. Nunca me esquecerei do São Paulo", afirmou o uruguaio.

"Sou o cara mais grato do mundo nesses 15 anos de relacionamento com o São Paulo. Sou o cara mais feliz do mundo pela intensidade das vitórias e derrotas, sempre com dedicação. Vivi sensações que encheram a minha vida. Os últimos meses aqui foram tão lindos e intensos que não deu para pensar sobre mim. E nem quis. Queria me dedicar inteiramente ao momento."

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA