Foto: Divulgação Manchester City
banco jesus

O Manchester City sofreu mais do que o esperado, mas bateu o vice-lanterna West Ham por 2 a 1 de virada neste domingo (3), no Etihad Stadium, em mais um passo rumo ao título da temporada 2017/2018 do Campeonato Inglês.

Ongbonna, no fim do primeiro tempo, abriu o placar para os visitantes, mas Otamendi, com assistência de Gabriel Jesus, que entrou no intervalo, e David Silva anotaram na etapa final e definiram o resultado.

O time do técnico Pep Guardiola chega agora a impressionantes 14 triunfos em 15 jogos na Premier League, melhor arrancada da história do torneio. Com 43 pontos, mantém oito de vantagem para o Manchester United -justamente o rival na próxima rodada, domingo, às 14h30, no Old Trafford.

Antes do compromisso contra o maior rival, porém, o City cumpre tabela na Liga dos Campeões. Já garantido como primeiro colocado do Grupo F do torneio, com 15 pontos e 100% de aproveitamento, o time visita o Shakhtar quarta-feira na Ucrânia.

Já o West Ham, com só dez pontos e sem vencer há oito jogos no Inglês, volta a campo no sábado, quando tem mais uma pedreira pela frente: recebe o Chelsea

BRASILEIROS EM CAMPO

O goleiro Ederson e o lateral direito Danilo (improvisado na lateral esquerda) saíram jogando pelos donos da casa neste domingo. Fernandinho, pendurado com quatro cartões amarelos, foi poupado por Guardiola e só entrou a cinco minutos do fim. Já Gabriel Jesus mais uma vez começou no banco (Sané, Sterling e Aguero formaram o trio de ataque), mas entrou no intervalo na vaga de Danilo.

Desempenhos: Ederson fez uma boa defesa em cada tempo e por pouco não pegou a cabeçada de Ongbonna que abriu o placar. Danilo, improvisado, até foi bastante acionado, mas pecou em algumas escolhas no ataque. Jesus, bastante participativo, deu novo ânimo ao City nos 45 minutos finais - além da assistência, quase fez um golaço em chute colocado defendido por Adrián.

VELHO CONHECIDO

Pelo lado do West Ham, Chicharito e Carroll, lesionados, foram desfalques. Lanzini, ex-Fluminense, foi mais uma vez titular. Destaque para Zabaleta, que atuou pelo Manchester City por nove anos, com cinco títulos conquistados, e no reencontro com a torcida ganhou aplausos, além da tarjeta de capitão dos visitantes. Hart, que pertence ao City, não foi a campo pela questão contratual -Adrián foi o goleiro.

JESUS EM CAMPO

Em desvantagem, Guardiola decidiu apostar em Gabriel Jesus, que entrou no lugar de Danilo no intervalo. O time passou a jogar no 4-4-2 e partiu para cima do West Ham. Aos 9 minutos, Adrián fez grande defesa em cobrança de falta de De Bruyne. Três minutos depois, porém, nada pôde fazer quando Jesus infiltrou pela direita e cruzou para Otamendi, que deixou Ongbonna subir sozinho no gol do rival, redimir-se e deixar tudo igual.

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA