Gabriel pelo Benfica. (Foto: Instagram)
gabigol

SAMIR CARVALHO
SANTOS, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Com a saída de Lucas Lima para o Palmeiras, o Santos voltou a sonhar com o retorno do atacante Gabriel Barbosa, negociado com a Inter de Milão, da Itália, em 2016, mas que está emprestado ao Benfica, de Portugal. O UOL Esporte apurou que o clube paulista avançou nas negociações com o jogador. A estratégia é "rachar" o ordenado de R$ 1 milhão do atleta com o clube italiano e fechar o empréstimo até o fim de 2018.

A diretoria santista aceita pagar os R$ 500 mil para dividir o salário de Gabigol e até R$ 600 mil mensais caso a negociação endureça com os italianos. Para Modesto Roma e companhia, ultrapassar o teto salarial do clube neste caso não é um problema. No planejamento alvinegro, o valor que será pago a Gabigol já seria destinado a Lucas Lima.

Antes do meia acertar com o Palmeiras, o clube paulista havia oferecido R$ 600 mil e mais luvas diluídas em três anos de contrato. Mensalmente, o ex-camisa 10 do Santos receberia cerca de R$ 800 mil mensais, mas preferiu fechar com o rival paulista por cinco anos.

Como a cúpula alvinegra já sabia há meses que Lucas Lima dificilmente aceitaria a proposta, eles dedicaram o mês de novembro a oferecer o valor a Gabigol. O atacante está disposto a voltar ao Santos e, inclusive, prometeu que o clube que o revelou ao futebol será sua prioridade no retorno ao futebol brasileiro.

Além disso, os representantes de Gabigol avisam ao Santos que a Inter de Milão não deve colocar empecilhos para que o "salário rachado" seja acertado para a transferência. Hoje, os italianos já pagam boa parte do ordenado em seu empréstimo ao Benfica.

Diretoria e comissão técnica santista sonham com um quarteto ofensivo formado por Gabigol, Robinho, Bruno Henrique e Ricardo Oliveira.

Gabigol jogaria aberto do lado direito do ataque, enquanto Bruno Henrique permaneceria do lado esquerdo, posição em que o camisa 27 se destacou nesta temporada. Como adiantou o UOL Esporte nesta semana, Robinho ficaria com a função de meia-armador, posição deixada por Lucas Lima.

Gabriel foi negociado para a Inter de Milão em agosto de 2016. Considerado a maior revelação do clube após Neymar, o atacante foi comprado pela Inter de Milão (ITA) por R$ 108,5 milhões (29,5 milhões de euros à época) e rendeu ao Santos R$ 66,2 milhões. No entanto, o jogador não rendeu no clube italiano e sequer no Benfica, de Portugal.

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA