Robinho. (Foto: Bruno Cantini/Atlético MG)
galo robinho

O interesse do Santos em contar com o atacante Robinho para 2018 não é novidade para ninguém no mercado do futebol. No entanto, na última sexta-feira (24), na Vila Belmiro, o presidente Modesto Roma iniciou as negociações com a representante do jogador, a advogada Marisa Alija.

O encontro serviu para o mandatário santista descobrir a situação atual do jogador no Atlético-MG. Modesto foi informado que o time mineiro ainda não fez nenhuma proposta oficial para renovar o contrato do atacante, que tem fim previsto para dezembro deste ano.

Por conta disso, o presidente do Santos pretende sair na frente da concorrência e prometeu formular uma proposta oficial para os próximos dias. O dirigente santista não esconde que a contratação de Robinho é uma das prioridades do clube para 2018.

Modesto Roma sonhava em reunir novamente a dupla Diego e Robinho, campeões brasileiros de 2002 pelo Santos, no próximo ano. Mas o dirigente já soube que a contratação do meia é quase impossível. Além do alto salário, o time da Vila teria que pagar a multa rescisória do atleta com o Flamengo.
Inicialmente, o Santos pretende fazer uma proposta de cerca de R$ 350 mil mensais de salário, além de premiações. No entanto, com a saída de Lucas Lima, o clube paulista não descarta aumentar a proposta caso a concorrência do Atlético-MG seja um empecilho para as negociações.

O Santos fechou apenas uma contratação para 2018. Trata-se do lateral esquerdo Romário, do Ceará, de 25 anos. O jogador chega para suprir a possível ausência de Zeca, que acionou o clube paulista na Justiça para pedir sua rescisão contratual, alegando atrasos nos pagamentos de seu FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço).

Romário assinou com o clube paulista por cinco temporadas. O atleta é um dos principais destaques do Ceará no Campeonato Brasileiro da Série B. Atualmente, o lateral é o líder de assistências do clube cearense na competição, com sete passes a gol.

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA