drone

Na final da Copa Libertadores, o Grêmio usou um drone para espionar treinos de seus rivais durante a temporada, de acordo com a ESPN Brasil.

A emissora afirma que a pessoa é contratada pelo clube. Reportagem exibida nesta segunda (20) conseguiu flagrar o espião no momento em que ele instalava o drone próximo ao CT do Lanús, na Argentina, na última sexta-feira (17).

O clube do distrito de Buenos Aires é o rival do time gaúcho na decisão do torneio sul-americano. O nome da pessoa não foi revelado

De acordo com a reportagem, o profissional estava há mais de uma semana na Argentina e teve hotel, carro e passagens aéreas pagas pelo clube e já havia filmado outras atividades fechadas. Ele costuma controlar as filmagens dos treinos de dentro do carro.

Assim que foi flagrado, o espião foi levado para prestar esclarecimentos na delegacia de polícia de Lanús e lá ficou por duas horas. Após prestar depoimento, ele foi liberado.

O suposto funcionário do clube gaúcho disse à ESPN Brasil que não trabalha para o Grêmio e que usa o drone apenas para fazer fotos.

A reportagem afirma que tudo era de conhecimento da comissão técnica e também dos jogadores que assistiam às imagens feitas pelo espião antes dos confrontos.

Além de chegar à final da Libertadores, o Grêmio é o atual segundo colocado do Campeonato Brasileiro e foi semifinalista da Copa do Brasil.

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA