Copete. (Foto: Ivan Storti/SantosFC)
peixe e gremio

Com a vitória por 1 a 0 sobre os reservas do Grêmio neste domingo (19), na Vila Belmiro, o Santos alcançou seu principal objetivo neste momento no Campeonato Brasileiro: garantiu vaga na Libertadores em 2018.

Com 59 pontos, a equipe não pode mais ser alcançada pelo Botafogo, que está na sétima colocação -primeira após a zona de classificação para o torneio sul-americano.

Após um início promissor à frente do Santos, com vitória sobre o Atlético-MG e aproximação do líder Corinthians, o técnico interino Elano sofreu uma sequência de três derrotas no campeonato, que colocaram em risco sua permanência no comando do Santos no ano que vem.

A classificação para o torneio e as próximas partidas da equipe, no entanto, podem reverter esse quadro.

Já o Grêmio, classificado para a Libertadores e preparando-se para jogar a final da edição deste ano -cuja primeira partida, contra o Lanús, acontece na quarta-feira (22), em Porto Alegre-, entrou em campo com um time todo formado por reservas.

Nem o auxiliar técnico de Renato Gaúcho, Alexandre Mendes, esteve com a equipe em Santos. Quem comandou o time durante a partida foi César Bueno, do sub-20.

Mesmo assim, foi o Grêmio quem teve as melhores oportunidades no início da partida, mas os chutes de Machado e Patrick pararam nas mãos do goleiro do Santos Vanderlei. Aos 30 minutos, Dionathã ainda acertou uma bola na trave.

Um minuto depois, no momento em que o time gremista estava melhor na partida, foi o Santos que abriu o placar. Em contra-ataque veloz, Vecchio deu passe para Copete, que deslocou o goleiro Paulo Victor e balançou a rede. Na frente, a equipe santista passou a chegar com maior frequência ao gol adversário.

Aos 35, Ricardo Oliveira cabeceou no ângulo esquerdo de Paulo Victor, que fez grande defesa. Um minuto depois, foi a vez de Bruno Henrique bater de cabeça em direção à meta gremista, mas acabou errando o alvo. Ricardo Oliveira ainda acertou outro cabeceio aos 44 minutos, mas Paulo Victor conseguiu mandar para escanteio.

No segundo tempo, o Santos administrou o jogo, com poucas chances de gol para ambos os lados. O placar final permaneceu igual ao da primeira metade.

Com a derrota, o Grêmio fica com 61 pontos, na vice-liderança da competição. A equipe pode ser ultrapassada pelo Palmeiras ainda nesta rodada, caso o time vença o Avaí na segunda-feira (20), no estádio Ressacada, em Florianópolis (SC).

A próxima partida do Santos será fora, no próximo domingo (26), contra o Flamengo, pela penúltima rodada do Brasileirão. Já o Grêmio joga contra o Atlético-GO, já rebaixado no campeonato, em Porto Alegre, na mesma data.

SANTOS

Vanderlei; Victor Ferraz, Luiz Felipe, Lucas Veríssimo e Jean Mota; Alison, Renato e Vecchio (Daniel Guedes); Bruno Henrique, Copete (Arthur Gomes) e Ricardo Oliveira (Orinho). T.: Elano Blumer

GRÊMIO

Paulo Victor; Leonardo, Bressan, Rafael Thyere e Conrado; Cristian, Machado, Kaio (Pepê) e Patrick (Batista); Dionathã (Lucas Poleto) e Jael. T.: Alexandre Mendes

Árbitro: Pericles Bassols Pegado Cortez (PE)

Assistentes: Cleberson do Nascimento Leite (PE) e Marcelino Castro de Nazare (PE)

Público - 4.206 pagantes

Renda: R$ 120.160,00

Cartões amarelos: Alison, Lucas Veríssimo (Santos); Jael, Kaio (Grêmio).

Gol: Copete, aos 31min do primeiro tempo (SAN)

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA