Prova foi marcada por emoções (Foto Fernanda Freixosa/ Vicar)
brasileiro de turismo autodromo de goiania foto fernanda freixosa vicar

Debaixo de forte chuva na manhã deste domingo (19) em Goiânia, que a prova final da sétima e penúltima rodada do Campeonato Brasileiro de Turismo foi uma das melhores do ano. Disputas do início ao fim, várias ultrapassagens, e dois carros cruzando a linha de chegada a centímetros um do outro. A vitória ficou com Raphael Reis, sua primeira na categoria, que soube se aproveitar do melhor momento para ultrapassar Gabriel Robe, que largara na primeira posição.

“A equipe fez um trabalho muito bom, porque o carro estava excelente na pista molhada. Consegui a ultrapassagem ainda na parte inicial da corrida, usando o push, já que eu havia guardado alguns da corrida de sábado, e consegui aproveitar deste benefício”, explicou o piloto da W2 Racing, que subiu da sexta para a terceira posição na tabela, com 117 pontos, e é um dos poucos que ainda alimentam chances matemáticas para a etapa final.

Na segunda posição ficou Gabriel Robe, líder do campeonato agora com 154 pontos. Nas voltas finais, o gaúcho da Motortech ensaiou alguma pressão sobre Reis enquanto Gaetano di Mauro também se aproximava. Na última volta, passou a ser pressionado pelo adversário. Na linha de chegada, Robe cruzou centímetros à frente de di Mauro; no cronômetro, apenas 27 milésimos de segundo.

“Gosto muito de correr na chuva, porque é sempre muito disputado. Larguei na ponta e acabei perdendo a liderança, mas depois fui buscando o Reis, que ia num ritmo bem forte. No finalzinho o Gaetano chegou e ficou uma briga de três pilotos pela vitória. Eu queria atacar, mas ao mesmo tempo tinha de me defender. Foi uma corrida muito emocionante e também muito importante para o campeonato”, disse o gaúcho, que alimenta 34 pontos de vantagem com 40 em jogo na etapa final que acontece em Interlagos no dia 10 dezembro.

Gaetano di Mauro, terceiro na prova e vice-líder da competição, teve uma prova de início complicado, e também enfrentou mais percalços no decorrer da disputa. O principal problema, a visibilidade.

“Com todos os problemas que eu tive, foi muito bom. Tive que fazer uma parada ainda antes da largada e sair atrás me proporcionou uma boa recuperação. Contudo, eu estava sem o limpador de para-brisas, então eu não tinha visibilidade nenhuma quando estava colado em outro carro. O importante foi salvar estes pontos para o campeonato, o que estava bem difícil. Agora vamos com tudo para Interlagos tentar o título”, falou o piloto da W2 Racing.

Gustavo Frigotto e Pietro Rimbano fecharam os cinco primeiros que subiram ao pódio na manhã goiana.

Robe soma 154 pontos contra 120 de di Mauro. Reis, com 117, e Frigotto, com 115, são os únicos pilotos que ainda podem sonhar com o título da temporada 2017. Interlagos recebe a grande decisão, com pontuação dobrada, no dia 10 de dezembro.

Resultado – Corrida 2*:
1. 77 Raphael Reis (W2 Racing) - 21 voltas
2. 35 Gabriel Robe (Motortech) - a 0.980
3. 11 Gaetano di Mauro (W2 Racing) - a 1.007
4. 86 Gustavo Frigotto (RKL Competições) - a 7.267
5. 17 Pietro Rimbano (RKL Competições) - a 16.959
6. 117 Gustavo Myasava (MRF Motorsport) - a 20.226
7. 7 Giulio Borlenghi (Full Time Academy) - a 27.547
8. 777 Pedro Saderi (MRF Motorsport) - a 36.948
9. 23 Marco Cozzi (RS Motorsport) - a 37.182
10. 177 Luca Milani (C2 Team) - a 37.648
11. 78 Lucas Peres (L3 Motorsports) - a 44.772
12. 13 Raphael Campos (Nascar Motorsport) - a 1:30.965
13. 45 Giuseppe Vecci (RS Motorsport) - a 1:36.958
14. 84 Fernando Croce (C.A. Competições) - a 1:37.050
15. 46 Tuca Antoniazzi (Motorsport) - a 1 volta
16. 19 Mateus Muniz (Motortech) - a 4 voltas
17. 1 Lukas Moraes (Nascar Motorsport) - a 5 voltas
NÃO COMPLETARAM (75% da distância de prova)
18. 120 Vitor Baptista (Full Time Academy) - a 16 voltas
19. 33 Guto Matiazzi (L3 Motorsports) - a 16 voltas
MELHOR VOLTA: Gaetano di Mauro, 1min41s337
*Resultado sujeito a verificações técnicas e desportivas

Classificação do Campeonato (Top-10):
1. Gabriel Robe, 154 pontos
2. Gaetano di Mauro, 120
3. Raphael Reis, 117
4. Gustavo Frigotto, 115
5. Pietro Rimbano, 112
6. Luca Milani, 109
7. Marco Cozzi, 92
8. Gustavo Myasava, 92
9. Edson Coelho, 47
10. Mateus Muniz, 42

 

Com informações da Assessoria de Imprensa

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA