chapecoense torcida

A Chapecoense está garantida na elite do futebol brasileiro de 2018. A permanência na Série A foi cravada na noite desta quinta-feira (16) com o triunfo de virada sobre o Vitória, por 2 a 1, na Arena Condá, debaixo de muita chuva em Chapecó.

David abriu o placar para os baianos após falha do goleiro Jandrei na saída de bola. Arthur empatou logo depois, ainda na primeira etapa, em cabeceio. E Túlio de Melo, no segundo tempo, decretou a vitória dos mandantes.

Com o resultado, a Chapecoense chega aos 47 pontos e escapa matematicamente do rebaixamento por conta da derrota do Sport, que estacionou nos 36 -e pelo fato de Vitória e Ponte Preta, ambos com 39, ainda se enfrentarem.

Com a permanência garantida, a Chape -que vive um ano de reestruturação após a tragédia em novembro de 2016- agora passa até a sonhar com uma vaga para a Libertadores. A distância para o Flamengo, primeiro time do G-7, é de três pontos.

O Vitória segue sua luta contra o rebaixamento no domingo (19), quando recebe o Cruzeiro no Barradão, às 17h. A Chapecoense entra em campo no mesmo dia e horário para visitar o Atlético-GO no Serra Dourada. Os dois jogos são válidos pela 36ª rodada da Série A.

CHAPECOENSE

Jandrei; Apodi (Luiz Otávio), Douglas, Fabricio Bruno e Reinaldo; Amaral e Moisés Ribeiro; Luiz Antonio, Canteros (João Pedro) e Arthur Caike; Wellington Paulista (Túlio de Melo). T.: Gilson Kleina

VITÓRIA

Fernando Miguel; Patric, Ramon, Wallace e Geferson; Uillian Correia (René) e José Welison (Alan Costa); Yago, Caique Sá (André Lima) e David; Tréllez. T.: Vagner Mancini

Estádio: Arena Condá, em Chapecó

Juiz: Anderson Daronco (RS)

Cartões amarelos: Wellington Paulista (CHA); Uillian Correia, Caíque Sá e Wallace (VIT)

Gols: David (VIT), aos 19min, Arthur (CHA), aos 24min do primeiro tempo; Túlio de Melo (CHA), aos 32min do segundo tempo

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA