Hope Solo ao lado de Sepp Blatter
hope sollo

A goleira americana Hope Solo acusou o ex-presidente da Fifa Sepp Blatter de assediá-la durante a premiação da Bola de Ouro de 2013. Em Portugal para participar do evento Web Summit, a atleta fez a revelação em uma entrevista ao jornal "Expresso".

"O Sepp Blatter apalpou minhas nádegas", disse a goleira, para a surpresa do entrevistador. "O Sepp Blatter. Conhece o Sepp Blatter?", questionou. Ao receber uma resposta afirmativa, ela continuou. "Ele apalpou minhas nádegas. Foi na entrega da Bola de Ouro há uns anos, antes de subir ao palco. É algo que se vulgarizou", afirmou a goleira.

Na ocasião, em janeiro de 2013, Solo tinha 30 anos e Blatter 76. Ela foi ao palco para entregar o prêmio de melhor jogadora do mundo a Abby Wambach, colega de seleção dos Estados Unidos.

O "The Guardian" entrou em contato com Blatter para receber a versão do suíço do incidente. Por meio de um porta-voz, o ex-presidente da Fifa afirmou que "essa alegação é ridícula".

O assunto veio à tona quando a goleira foi perguntada sobre a série de denúncias de assédio e abuso sexual que vieram a público nos últimos dias. Solo relatou que incidentes desse tipo são comuns no futebol feminino.

"Assisti a isso ao longo de toda a minha carreira e gostaria que mais atletas compartilhassem suas experiências. É algo descontrolado, e não apenas em Hollywood. É em todos os lados. Durante anos, vi jogadores que namoravam e acabaram por casar com os seus treinadores da universidade, algo que obviamente um treinador não devia fazer, sobretudo com jogadoras tão jovens. Vi situações com médicos, assessores de imprensa, entre jogadoras no vestiário", contou.

A goleira ainda se disse decepcionada com o silêncio de outras colegas no esporte, especialmente no futebol. Assim como ela, algumas ginastas campeãs olímpicas se manifestaram com denúncias semelhantes nos últimos dias.

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA