Todos os indicadores dado pelo Palmeiras na derrota para o Vitória nesta quarta (8) por 3 a 1 mostram que o grupo não conseguiu assimilar o revés de domingo (5) em Itaquera para o rival Corinthians.

Sem ânimo, depois de os jogadores acharem que dava para tentar "algo grande no Campeonato Brasileiro" na semana passada, o Palmeiras agora corre o risco de sair do G-4 nas próximas rodadas.

O desafio vai ser voltar a ganhar jogos considerados importantes.

Nesta temporada, apesar das contratações milionárias, o Palmeiras fracassou no Campeonato Paulista, na Copa do Brasil e na Libertadores.

No Brasileiro, depois de ter a chance de brigar pelo título novamente, após a queda de rendimento do líder Corinthians, tropeçou com o Cruzeiro em casa e perdeu o dérbi fora.

No Barradão, em Salvador, mais uma vez, o sistema defensivo da equipe cedeu gols com facilidade. Assim como no clássico contra o Corinthians, três nos 45 minutos iniciais.

Na primeira metade do primeiro tempo, mais precisamente aos 15 minutos de partida, o placar estava 2 a 0 para o Vitória, equipe que luta para não cair.

Foi a terceira vez, em três jogos, que o time dirigido por Alberto Valentim sai atrás do placar.

Em nenhuma delas, contra o Cruzeiro, em casa, Corinthians e Vitória fora, conseguiu a virada.

Os três gols do Vitória, o primeiro e o terceiro foram de Yago e o segundo de Tréllez, saíram após erros de posicionamento somados a falhas individuais.

O Palmeiras chegou a fazer o seu gol, com Dudu, quando estava 2 a 0. A equipe quase conseguiu o empate na sequência.

A campanha de Valentim, agora, é de três vitórias, um empate e duas derrotas. Foram dez gols sofridos e treze marcados.

VITÓRIA
Fernando Miguel; Patric, Kanu (Renê), Wallace e Geferson; Filipe Soutto (Ramon Menezes), José Wellison (Carlos Eduardo), Yago, Uillian Corrêia e David; Trellez. T.: Vagner Mancini

PALMEIRAS
Fernando Prass; Mayke, Edu Dracena, Juninho e Egidio; Bruno Henrique (Fernando), Tchê Tchê e Moisés; Keno (Alejandro Guerra), Erik (Róger Guedes) e Dudu. T.: Alberto Valentim.

Estádio: Barradão, em Salvador
Juiz: Dewson Fernando Freitas da Silva (PA - FIFA)
Cartões amarelos: Yago, Ullian Corrêia, José Wellison e Renê (VIT); Mayke (PAL)
Cartão vermelho: Ullian Corrêia (VIT)
Gols: Yago (VIT), aos 7 minutos e aos 39 minutos, Trellez (VIT), aos 15 minutos, e Dudu (PAL), aos 21 minutos do primeiro tempo.

Leia Mais:

 

 

 

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA