Luiz Felipe Scolari. (Foto: VEJA)
luiz felipe scolari foto veja

O técnico Luiz Felipe Scolari se despediu do elenco do Guangzhou Evergrande, clube chinês que ele comanda há dois e meio. Atual campeão da competição, com título conquistado antecipadamente, a equipe faz o último jogo neste sábado (4) contra o Tianjin Quanjian, do técnico italiano Fabio Cannavaro.

A direção do time pretendia renovar o contrato, mas o técnico preferiu sair.

Ao todo Felipão conseguiu sete títulos nessa sua passagem pelo futebol chinês, incluindo três campeonatos nacionais. Trabalhou em 120 jogos e teve 69% de aproveitamento. Foram 73 vitórias, 30 empates e 17 derrotas.

Em um vídeo da sua reunião com o elenco, o técnico aparece agradecendo o apoio recebido e dizendo que um dia eles ainda podem se encontrar. "Sair daqui com todo os títulos que vocês nos deram e com a amizade de vocês é a melhor coisa do mundo", disse ele em português, sendo traduzido por um intérprete.

Por enquanto, o treinador não tem planos de trabalhar no Brasil. Segundo o blog do Rizzo antecipou há duas semanas, Felipão e sua família preferem continuar morando no exterior. Embora muitos clubes brasileiros tenham se mostrado interessados em contratá-lo, as opções dele são permanecer na Ásia, assumir um clube na Europa ou treinar uma seleção na Copa do Mundo da Rússia. (Folhapress)

Leia mais:

 

 

 

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA