Jogador Hernanes. (Foto: SPFC)
hermanes sao paulo foto spfc

Desde que retornou ao Brasil, em julho, Hernanes foi fundamental para o São Paulo deixar as últimas colocações do Campeonato Brasileiro.

Com ele em campo, o clube tricolor teve um aproveitamento de G4 -em 15 jogos, foram 24 pontos somados, aproveitamento de 53,3%, sendo o quarto melhor de toda competição.

Em meio aos crescentes elogios de torcedores e figuras da imprensa, o jogador falou sobre a expectativa de ser convocado para a seleção brasileira. Hernanes destacou em entrevista à "ESPN Brasil" que o bom momento no São Paulo se deve a posição que ocupa em campo.

"Eu sempre pensei nisso, um dos objetivos que nunca saiu da cabeça é voltar à seleção brasileira. Foi muito legal esse processo. Joguei como primeiro volante na Juventus, estava me adaptando a uma posição que não era a preferida.

Não estava mais satisfeito em jogar ali. Fui à China e aconteceu a mesma coisa. Tinha pouca vaga para escalar, queriam que eu jogasse mais atrás como primeiro volante, e não dava. Aqui no São Paulo veio essa oportunidade de o Dorival ter me colocado nesta posição. Com função de marcação, mas com liberdade de chegar na frente."

Hernanes ainda fez questão de conter qualquer empolgação. O meia, que havia sido convocado para a Copa de 2014, frisou que os atuais jogadores da seleção têm feito bom trabalho e dão pouco espaço.

"Em todo esse processo, eu sempre passei pelas dificuldades melhorar, crescer, para tentar chegar à seleção. Sei que não depende só de mim, o Tite está fazendo um grande trabalho, os caras [jogadores] estão fazendo um grande trabalho. É difícil, a possibilidade é pequena, mas continuarei acreditando."

Ao falar sobre o São Paulo, Hernanes seguiu sem fazer planos audaciosos mesmo com o bom desempenho do time nas últimas duas partidas. A ideia é atingir 47 pontos e se livrar, de vez, da possibilidade de rebaixamento.

"Quando a gente estabeleceu isso, estávamos em um momento de incerteza, colocamos para tirar qualquer dúvida. Com essa pontuação estaríamos fora de uma posição constrangedora. Se alcançarmos rapidamente, podemos acrescentar novos objetivos. Se não, vamos nos concentrar nele", disse Hernanes, que tem contrato com o São Paulo somente até a metade da próxima temporada.

"Eu acho que não é hora de comentar sobre isso. Falo muito pouco, e sei que existe uma possibilidade [de ficar no São Paulo] ainda que pequena, mas existe. Assim como achei que não ia dar certo neste ano e deu, por que não pode o ano que vem? Pequena, mas sempre pode se encontrar [uma solução]", disse o meia, que está emprestado pelo Hebei China Fortune até julho de 2018. (Folhapress)

Leia mais:

 

 

 

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA