paolo guerrero flamengo

Paolo Guerrero ainda não treinou com bola no gramado do Ninho do Urubu desde que sofreu um edema no músculo posterior da coxa esquerda.

Nesta segunda-feira (30), ele iniciou o trabalho de transição, realizou exercícios na academia do CT e correu levemente em campo. A presença no Fla-Flu decisivo pela Copa Sul-Americana, quarta-feira (1º), às 21h45 (de Brasília), no Maracanã, é uma incógnita.

Para jogar, Guerrero precisa trabalhar com bola e realizar todos os movimentos de um centroavante sem se queixar de incômodos. O tempo para isso, no entanto, é curto. As próximas horas serão decisivas.

Lucas Paquetá é o provável substituto. A comissão técnica deseja contar com o camisa 9, mas também mostra preocupação em agravar a lesão.

Por outro lado, Guerrero tem dois jogos decisivos pela frente com a seleção peruana. Nos dias 11 e 15 de novembro, o camisa 9 tentará colocar a seleção de seu país na Copa do Mundo de 2018. O Peru disputará a repescagem em duas partidas contra a Nova Zelândia e pode voltar ao Mundial depois de 32 anos.

Ao final da temporada, a diretoria do Flamengo discutirá com Paolo Guerrero a possibilidade de renovação contratual até dezembro de 2020. O atual vínculo se encerra em 10 de agosto de 2018. (Folhapress)

Leia mais:

 

 

 

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA