Créditos: Buda Mendes - FIFA/FIFA via Getty Images
sub 17
SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - A seleção brasileira precisou de seis minutos para virar um jogo encardido contra a Alemanha neste domingo (22) e se classificar para as semifinais do Mundial Sub-17 disputado na Índia.

O time saiu atrás no placar num primeiro tempo em que foi inferior ao adversário. Mas a equipe, que sobrou fisicamente, dominou a etapa complementar e construiu várias chances, que levaram à vitória por 2 a 1.

O Brasil poderia ter empatado antes e só chegou ao primeiro gol aos 25 minutos do segundo tempo quando Weverson recebeu na área e disparou uma patada que tocou no travessão antes de entrar. Em seguida, Paulinho acertou um belo chute da entrada da área e virou o placar. "Uma frase que a gente usa muito é não desistir nunca", declarou o treinador Carlos Amadeu ao Sportv.

A Alemanha até procurou se lançar ao ataque e teve seis minutos de acréscimos para tentar o empate, mas o Brasil conseguiu controlar a partida. O time passou a atuar mais fechado e houve inclusive momentos em que a equipe segurou a bola no campo do adversário.

"Era impossível sair deste jeito trabalhando dois anos. A gente está preparadíssimo para ser campeão mundial e vai ser este tipo de jogo que vai levar a gente ao título", afirmou Weverson em entrevista ao Sportv depois do apito final.

Foi a segunda virada da seleção, que também chegou à vitória depois de sair perdendo para a Espanha. Agora o time vai enfrentar a Inglaterra por uma vaga na final em partida que será realizada na quarta-feira (25). Na outra semifinal estão Espanha e Mali.

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA