Nesta quinta-feira (19), Fernando Alonso e a McLaren anunciaram a renovação de contrato entre as duas partes. O piloto está confirmado como membro da equipe para a temporada 2018 da Fórmula 1. O comunicado incluiu um vídeo em que funcionários da escuderia estudam espanhol e brincam com a mudança de motor, já que o competidor estava insatisfeito com a Honda. A Renault será a fornecedora a partir do ano que vem.

"É fantástico poder continuar meu relacionamento com todos na McLaren. Foi sempre onde meu coração estava me dizendo para ficar, e eu realmente me sinto em casa aqui. Esta é uma equipe fantástica, cheia de pessoas incríveis, com um calor e uma simpatia que nunca experimentei em outros lugares da Fórmula 1. Estou incrivelmente feliz por estar correndo aqui", disse Alonso, segundo comunicado publicado no site oficial da McLaren.

"Tão importante quanto, a McLaren possui recursos técnicos e capacidade financeira para poder conquistar várias vitórias e campeonatos mundiais na Fórmula 1. Embora os últimos anos não tenham sido fáceis, nunca esqueceremos como é vencer, e acredito que podemos conseguir isso novamente em breve. Os últimos três anos nos deram o impulso de planejar e construir para o futuro, e estou ansioso por essa jornada. Estou ansioso pelo futuro juntos, e já estou trabalhando duro para que seja um sucesso", completou.

O piloto espanhol também se manifestou sobre o acerto em sua conta no Twitter.

"Obrigado, McLaren. Estou muito orgulhoso por fazer parte dessa organização", postou o bicampeão mundial de Fórmula 1, utilizando três emojis de troféus.

A renovação foi anunciada em Austin, onde Alonso se prepara para o Grande Prêmio dos Estados Unidos de Fórmula 1, que acontece neste domingo (22). A confirmação era uma questão de tempo e dependia tanto de acordos que permitissem que a McLaren, que sofreu uma queda em seu orçamento com a saída da Honda, arcasse com o salário do espanhol, quanto da negociação das demandas do piloto, que projeta disputar outras categorias ano que vem, a exemplo do que fez em 2017, quando competiu nas 500 Milhas de Indianápolis.

O anúncio de um ano de renovação também significa que Alonso estará livre no final de 2018, ano considerado importante no mercado de pilotos. Isso porque vários contratos acabam, como o da dupla da Mercedes, Lewis Hamilton e Valtteri Bottas, de Kimi Raikkonen na Ferrari e Daniel Ricciardo, na Red Bull. Max Verstappen também tenta a liberação no final do ano que vem.

Diretor executivo da McLaren, Zak Brown fez elogios a Alonso e comemorou sua renovação, dizendo que a permanência é parte importante do plano da escuderia de voltar às vitórias na Fórmula 1.

"Estou encantando por poder confirmar que Fernando permanecerá na McLaren. Ele tem sido um recurso fantástico para toda a organização nos últimos três anos, é um indivíduo incrível e é um dos pilotos de corrida mais talentosos e bem-sucedidos da era moderna. Sempre fazia sentido para nós continuarmos nossa jornada juntos", disse Brown.

"Seu compromisso nos permitirá melhorar ainda mais a atratividade e o potencial do grupo em geral, e garantiremos que iremos para 2018 nos sentindo cada vez mais confiantes de que poderemos dar um passo significativo para a frente. Fernando compreende e compra completamente a direção que estamos tomando", continuou o dirigente.

"Nossos acionistas têm planos ambiciosos para todo o Grupo, e o sucesso na Fórmula 1 é um pilar central dessa estratégia. Com Fernando, não há dúvida de que temos um piloto que pode nos ajudar a atingir nosso objetivo de ganhar novamente na Fórmula 1 -e, acredite, estamos todos interessados em fazer isso", completou.

Diretor de Corridas da McLaren, Eric Boullier reforçou o discurso, dizendo que a escuderia tem a melhor dupla de pilotos da Fórmula 1 e que o plano é voltar a vencer em 2018.

"Com Fernando, você realmente não pode pedir um piloto melhor para entregar um resultado para você em um domingo à tarde, e acho que todos na Fórmula 1 reconheceriam esse sentimento. Ele sempre deixou claro para mim que esta é uma equipe que ele ama, e que seu coração sempre se manteve aqui. O anúncio de hoje mostra que ele está totalmente empenhado em competir e vencer como piloto da McLaren e, embora muitas vezes compartilhamos suas frustrações nos últimos anos, agora sentimos que podemos cumprir nossa promessa de lhe dar um carro competitivo na próxima temporada", projetou Boullier.

"A consistência da escalação de pilotos é um daqueles elementos pequenos mas realmente essenciais que realmente ajudam uma equipe a manter o impulso e, com Fernando e Stoffel, temos a sorte de escrever um novo capítulo com o que acreditamos ser a melhor dupla de pilotos da Fórmula 1", concluiu.

Nesta temporada, Alonso ocupa apenas a 16ª colocação no Mundial de Pilotos, com somente dez pontos. Como base de comparação, o líder Lewis Hamilton já soma 306.

 

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA