Roberto Firmino (Foto/Reprodução)
roberto firmino

Com três rodadas da fase de grupos já disputadas, é possível cravar: os brasileiros estão dominando a atual edição da Liga dos Campeões. Nos jogos desta semana, os atletas verde-amarelos estiveram entre os principais destaques e ajudaram o país a se consolidar no topo da tabela de artilheiros da competição.

Já são 21 gols brasileiros no torneio até aqui, mais do que qualquer outro país. A Inglaterra aparece em segundo, com 15 gols, seguida de França e Bélgica (ambas com 11), Argentina (8) e Portugal e Espanha (7 cada).

Os dois principais responsáveis por essa primeira posição do Brasil são Neymar e Roberto Firmino, com três gols cada. O camisa 10 da seleção brasileira marcou um belo gol de falta na vitória do PSG sobre o Anderlecht, por 4 a 0, batendo por baixo da barreira "à la Ronaldinho". O lance foi bastante exaltado na imprensa europeia.

Já Firmino, também presença constante nas convocações de Tite, foi às redes duas vezes nos 7 a 0 do Liverpool sobre o esloveno Maribor. Outro que brilhou no jogo foi Philippe Coutinho, que fez um gol (já tem dois na Liga dos Campeões) e distribui passes precisos e lances de efeito.

No Manchester City, Gabriel Jesus fez o segundo gol na vitória por 2 a 1 sobre o Napoli e também chegou a duas bolas na rede na competição. O ex-atleticano Bernard foi mais um brasileiro decisivo ao marcar duas vezes no triunfo do Shakhtar Donetsk sobre o Feyenoord, também por 2 a 1.

Teve até zagueiro fazendo gol: David Luiz balançou a rede contra a Roma, no empate do Chelsea por 3 a 3. E o centroavante Luiz Adriano fechou a rodada de gols brasileiros ao deixar sua marca na vitória por 5 a 1 do Spartak Moscou contra o Sevilla.

Mas nem só os artilheiros se destacaram. Na vitória por 3 a 1 do Barcelona sobre o Olympiacos, o volante Paulinho foi coberto de elogios pela imprensa espanhola, que classificou sua atuação como "completa" na estreia do jogador na Liga dos Campeões.

Já os brasileiros que não balançaram a rede nesta rodada, mas que também contribuíram para os 21 gols do país no torneio, são: Anderson Talisca (Besiktas, dois gols), Pedro Henrique (Qarabag, um gol), Vitinho (CSKA, um gol), Fernando (Spartak Moscou, um gol), Daniel Alves (PSG, um gol) e Taison (Shakhtar, um gol). Para as observações e convicções de Tite, a Champions vem sendo um prato cheio.

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA