Não ficou apenas no desejo do técnico Fábio Carille a procura do Corinthians pelo lateral-esquerdo Reinaldo, que disputa o Campeonato Brasileiro pela Chapecoense.

O São Paulo, que detém os direitos econômicos do jogador, admite estar conversando com a diretoria do rival sobre um possível negócio, mas ressalta que o defensor é considerado importante para regressar ao Morumbi na próxima temporada.

É o que diz o presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, que no fim da manhã desta terça-feira (17) participou do sorteio dos grupos do Campeonato Paulista de 2018 na sede da FPF (Federação Paulista de Futebol).

"Conversamos abertamente, eu e o Roberto [de Andrade, presidente do Corinthians]. Reinaldo é um jogador importante para nosso contexto, porque está sempre disposto, jogando. Infelizmente, ele teve dificuldades de percurso, mas que já aconteceram há dois anos. Hoje é um jogador importantíssimo para a Chapecoense, como foi para a Ponte Preta. Contamos com Reinaldo para o ano que vem", afirmou Leco.

O contexto citado pelo mandatário são-paulino é a falta de jogadores para a lateral-esquerda. O titular atualmente é o garoto Júnior Tavares, de 20 anos, e o reserva é Edimar, de 31, e que está emprestado pelo Cruzeiro somente até dezembro.

O prazo é o mesmo também para a volta de Reinaldo, cedido à Chape e com contrato com o clube tricolor até o fim de 2018, data acordada antes do empréstimo aos catarinenses.

Há duas semanas, o técnico Fábio Carille falou à TV Bandeirantes sobre o desejo de ter Reinaldo no elenco do Corinthians. E ciente do interesse do clube tricolor no goleiro Walter, sugeriu que fosse feita uma troca.

As conversas, por enquanto, não avançaram, O São Paulo conta com Reinaldo e deve mesmo investir em Walter ao fim da temporada. O time alvinegro, que pode vender Guilherme Arana para o espanhol Sevilla em dezembro, se movimenta para reforçar a lateral esquerda.

As opções atuais são Moisés e o volante improvisado Marciel. Emprestado ao Oeste, Guilherme Romão aparece como alternativa para 2018.

O gerente de futebol corintiano Alessandro falou sobre o jovem de 20 anos: "Será analisado como muitos outros emprestados ou que estão despontando da base. Sem dúvida enxergamos nele um potencial e por isso o emprestamos, para que pudesse se desenvolver". (Folhapress)

Leia mais:

 

 

 

 

 

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA